12

Jan

Blogueirisses e muito mais…

Muito (mas muito mesmo) antes de “blogs” virarem modinha eu já era blogueira (e escritora)!!!

A escrita sempre fez parte da minha vida!!! Mesmo quando não havia computador, nem blog… Eu escrevia em cadernos e agendas!!!

Hoje tenho este blog sobre Ambientalismo (+ arte e feminismo) no jornal O Estado mas essa história não começa aqui!

Meu primeiro blog se chamou NIX e ele existiu de 2003 até 2008!!! O tema era “goticismo, ocultismo e demais banalidades”.

Sim… Sempre fui atraída pelo que não está dito… O que não está posto… O que não é mais do mesmo… O que não se encaixa! Sempre amei a subjetividade!

Esse blog era tão lido, lindo e bem escrito que virou tema da dissertação de uma mestranda da UNIFOR cujo nome não me recordo. Infelizmente por falta de uso foi tirado do ar pelo provedor em 2015. (Como eu queria vê-lo novamente)

Depois veio um blog sobre minha experiência com a cirurgia bariátrica que fiz em 2008. Em 1 ano e meio passei de 136kg para 82kg e nesse blog relatei toda essa loucura. Também era muito lido!!! Mas foi tirado do ar em 2015 por falta de acesso.

Também tive um blog sobre geografia… E minhas viagens! E outro sobre “moda” (só que era uma sátira). Ambos tirados do ar por falta de uso!

Enfim… Passei a vida inteira escrevendo e me perdendo em páginas escritas e recortadas de mim mesma!!!

Sou e sempre fui uma escritora!!! Mas nunca levei nada disso a sério e nem para frente!

No período do Mestrado e Doutorado tive que parar com toda essa escrita frouxa e espontânea. Me tornei A acadêmica!!!

Via muitos amigos às voltas com seus artigos, dissertações e teses enquanto eu “tirava de letra”. Afinal… A escrita sempre esteve comigo!

Contudo… Quando se tratava de “publicar” o bicho pegava.

Sempre odiei ser julgada, avaliada. Não sei se por arrogância ou insegurança. Quem sabe ambos. Afinal somos complexos, não é mesmo?

Seja como for, se a gente não se cuida, a Academia faz isso com a gente. Nos tira o brilho, a luz e a leveza! Boa parte dos professores só quer saber de ofuscar sua luz para que a deles não fique menor.

Agora imagina eu (uma fedelha) chegando com pensamentos complexos baseados em Edgar Morin!

Fui massacrada e tolhida no Mestrado da UECE. Já no Doutorado da UFC consegui seguir em frente… mas isso graças ao professor Milton,  um Ser muito especial que mora na Bahia a quem serei sempre grata!

Terminei o Doutorado, mas não perdi o ranço da escrita dura, “desumanizada”, técnica, erudita, tensa e CHATA!!!

Criei então o blog Maya Ambiental (que durante um tempo não fez parte do Jornal), com conteúdo ambiental, mas nele estava aparecendo somente “a profissional” e “a acadêmica”. E eu não sou apenas isso… não mesmo!

Foi então que resolvi buscar as Oficinas de Escrita Terapêutica da Central de Escritores (com a mulher maravilhosa que é Rose Lira) e como já disse uma vez, lá eu resgatei a escrita humanizada e mais ainda… entendi a importância e o significado de cada palavra colocada no mundo por mim.

Durante toda a minha vida, em cada uma daquelas silabas estava eu!!! Partes de mim!!! Pensamentos meus!!!

Hoje a escrita tem me conduzido num caminho de autoconhecimento e revelado todos os dias a mulher complexa que sou! Sou sim a profissional, a Doutora… mas também sou a artista, a escritora, a ambientalista, a professora e demais facetas que apresento ao mundo.

Para além disso, sou ainda muito mais… sou aquilo que somente os íntimos (marido, familiares e amigos) sabem e poderão algum dia saber!

Quanto mais me revelo, mais presente estou nos meus escritos. Quanto mais presente estou, mas chego perto de você.

E se você me perguntar, porque escrevi tudo isso, minha resposta será:

Porque escrever é algo que eu faço!

Porque sou escritora!

Um comentário em “Blogueirisses e muito mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *