05

Jan

Desculpem o trastorno…

O Paradoxo reside no seguinte fato:

Enquanto os ambientalistas que se importam com a vida e querem um mundo melhor e sustentável para as atuais e futuras gerações são considerados ecochatos, incômodos, inconvenientes, ou seja, pessoas que só servem para “atrapalhar o progresso”…

Os poderosos (Políticos/Empresários DO TIPO que se importam exclusivamente com os próprios ganhos) batizam de “Mercado” seus interesses individualistas, e recebem em troca além de riqueza, votos e/ou a admiração das massas não pensantes! 

Até quando?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *