18

Maio

Dunas não são só areia…

Essa afirmação pode parecer bem óbvia para algumas pessoas, mas para a maioria dos cidadãos e (infelizmente) dos gestores da cidade as dunas não tem sido compreendidas ou percebidas para além de um “amontoado de areia”.

Talvez isso seja uma espécie de herança negativa de uma cidade que foi construída de costas para o mar.

Se não fomos acostumados a olhar para o mar, não cogitamos que toda a faixa litorânea (foz dos rios, dunas, manguezais, faixa de praia e oceano) compõem em conjunto um lindo ecossistema onde cada unidade tem sua função ecológica.

Mas… sabemos que “funções ecológicas” também não despertam o interesse de algumas pessoas… e nossa realidade de degradação ambiental deixa isso bem evidente nas cidades brasileiras.

Talvez se todos soubessem que para os humanos, as dunas, o manguezal, os estuários e toda a faixa litorânea prestam um grande serviço (dentre muitos) que é a DEFESA DO CONTINENTE  contra o avanço do mar, as coisas fossem um pouco mais preservadas!!! Quem sabe?

A zona costeira possui movimento e dinâmica próprios e, como dito no próprio nome, ela se comporta de forma bastante dinâmica.

As dunas protegem os estuários e manguezais que, por sua vez, contém o avanço do mar nos rios. Não fossem essa contenção, muitas áreas urbanas seriam alagadas. Simples assim!

Ahhh, tem também a intrusão marinha… que é o avanço do mar que ocorre no subsolo e ninguém nem percebe.

Quando “construímos sobre as dunas”, estas perdem sua capacidade de infiltrar a água das chuvas para o subsolo e consequentemente o continente perde mais uma vez sua força contra o mar, aumentando a chamada “cunha salina” cuja consequência sentimos  em nossos poços quando a água fica bem salgadinha. Principalmente “a turma” que vive bem na beirinha do mar.

Pensando em tudo isso o Instituto Verdeluz (ONG composta por jovens que desejam um futuro sustentável) está realizado o ForDunas, um evento que trata sobre o título desse post: “Dunas não são só areia…”.

O objetivo do evento é, dentre outros, despertar uma visão mais realista e correta sobre a importância das dunas no planejamento e na gestão ambiental da cidade, e especialmente a importância da preservação para garantir sustentabilidade e a resilência frente aos desafios ambientais e das mudanças climáticas.

Ou seja, um evento incrível que tá rolando desde o começo de abril!!!

E amanhã (19/05/2018) tem programação pela manhã, com essa pessoa que vos fala!!!

Que tal ir conhecer um pouco mais sobre nossas dunas?

Mais informações:https://www.facebook.com/institutoverdeluz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *