Começo da peleja, lá vamos nós!

(Imagem: banco de dados)
(Imagem: banco de dados)

 

Saudações, nação Alvinegra.

Mais uma vez, como único representante do nosso Estado, o Ceará Sporting Club inicia a sua jornada na Série B, e já no primeiro confronto teremos uma parada duríssima, contra o perigoso CRB, atual tricampeão alagoano, principalmente jogando ao lado da sua torcida, logo mais às 19h15min, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

E logo de cara vários problemas, entraremos em campo com o ataque totalmente modificado em relação ao time que foi campeão cearense, por conta das lesões de Magno Alves e Lelê, além da saída de V. Rangel – esse já vai tarde e não deixará saudades – que não renovou o seu contrato.

Penso que a nossa diretoria ainda não aprendeu com os consecutivos erros do passado, e chegou a declarar que não precisava de centroavante para reforçar o elenco, indo na contramão do ensejo das arquibancadas.

Porém, resolveram mudar de ideia, mas de forma até forçada, haja vista a completa e “inesperada” mudança repentina do nosso setor ofensivo – como se o nosso ataque fosse espetacular – para uma estreia de suma importância, pois cada jogo de um campeonato disputado por pontos corridos é uma final, e essa “lei” vale tanto para quem tem pretensões pelo acesso, como para quem vai tentar escapar do rebaixamento ao final do certame.

Contudo, tento me manter otimista e sigo esperando sempre o melhor, mesmo com uma equipe limitada, principalmente nos setores de criação e ataque, ainda assim imagino um embate equilibrado, tendo em vista o nosso ótimo domínio territorial defensivo, com uma dupla de zaga firme e bem entrosada, e com a nossa excelente dupla de volantes vivendo ótima fase fazendo a cobertura e o primeiro combate.

O experiente Givanildo teve que remontar todo o ataque alvinegro. (Foto: Cearasc.com)
O experiente Givanildo teve que remontar todo o ataque alvinegro. (Foto: CearaSC.com)

O Clube de Regatas Brasil, do técnico Condé, deve mandar seu time no 4-2-3-1, com: Juliano; Diego, Gabriel, Boaventura e Marcos Martins; Yuri e Adriano; Maílson, Chico e Ratinho; Neto Baiano.

Já o Alvinegro de Porangabussu, do multicampeão e rei do acesso, Givanildo Oliveira, vai mandar uma equipe sem grandes surpresas, mesmo com os vários desfalques, no 4-3-3, com: Éverson; Tiago Cametá, Luiz Otávio, Rafael Pereira e Romário; Raul, Richardson e Pedro Ken; Roberto, Alex Amado e Wallace Pernambucano.

Agora, é torcer e manter a fé por um bom início da peleja, como sugere o título da postagem.

Boooooooooooooo Cearaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaá, sempre!

Comments

comments