32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Arte + Agenda

Centro Dragão do Mar comemora 25 anos com programação especial

terça-feira, 16 de abril 2024

Centro cultural da Rede Pública de Equipamentos da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult Ceará), gerido pelo Instituto Dragão do Mar (IDM), o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC) completa, no próximo dia 28 de abril, 25 anos de atuação em prol da cidadania cultural, democratizando o acesso à arte e à cultura. Após um quarto de século, mantém-se um dos maiores complexos culturais do país, cartão-postal reconhecido nacionalmente para além de sua arquitetura, mas, fundamentalmente, pela relevância na economia da Cultura, no calendário cultural da cidade e na memória afetiva de quem mora em Fortaleza ou visita a cidade. Maduro como quem carrega um saber ancestral que guia as suas matrizes de liberdade e resistência, o Dragão segue imponente e vital, com a experiência e a segurança de quem sabe aonde quer chegar, sem perder o frescor, a jovialidade enérgica de quem experimenta e se reinventa. Pioneiro, segue descortinando possibilidades, inspiração para novos projetos e espaços que se multiplicam e engrandecem a Cultura feita pelo e para nosso maior patrimônio: as pessoas. 

     Para celebrar essa bonita e desafiadora trajetória, o complexo cultural convida o público a um grande brinde coletivo com uma extensa programação especial. Mostra de cinema, ações educativas nos Museus, sessões gratuitas no Planetário, apresentações teatrais e musicais, feirinhas e ações de cidadania cultural compõem a agenda comemorativa entre os dias 24 e 30 de abril, e que este ano homenageia Mário Gomes, o “Poeta Descomunal”, que fez do Centro Dragão do Mar lugar de morada improvisada nos seus últimos dias de vida, encantamento que este ano completará 10 anos. 

      Para as programações realizadas no Anfiteatro Sérgio Motta e na Praça Verde, o acesso se dará mediante a doação de 1kg de alimento não perecível (exceto sal). A iniciativa integra a Campanha Ingresso Solidário, fruto de parceria entre a Secretaria da Cultura do Ceará, a Coordenadoria de Defesa Civil e a Secretaria da Proteção Social, para arrecadar alimentos nos espaços da Rede Pública de Equipamentos Culturais do Estado (Rece) e direcionar ao Programa Ceará Sem Fome do Governo do Estado. O montante coletado será destinado à Unidade Central do Programa Ceará Sem Fome para a confecção de cestas básicas, a serem encaminhadas às entidades credenciadas pelo programa, mediante edital permanente.

     Segundo a superintendente do Dragão, Helena Barbosa, a homenagem a Mário Gomes honra a sua memória e traduz o compromisso do centro cultural em olhar para além-muros: “Olhar para fora é também olhar para dentro. Precisamos de um plano permanente de cuidados com os nossos espaços, mas, sobretudo, com as pessoas, porque o complexo cultural é feito por e para elas”, destaca a gestora. 

Gestão Territorializada


    Criado em março de 2023, a fim de estabelecer um programa permanente de gestão territorializada, o Núcleo de Articulação Territorial (NAT) celebra os avanços obtidos ao longo do último ano e segue trabalhando para atuar na mediação do diálogo e na integração de agentes que vivenciam a rotina nas proximidades do Dragão, desde ambulantes, artistas, pessoas em situação e superação de rua, proprietários de bares, foodtrucks e empreendimentos próximos, moradores da região e organizações públicas, privadas e do terceiro setor, para a tessitura de uma rede colaborativa para a busca de melhorias.    

     Como parte dos resultados dessa rede de afeto e cuidado, o CDMAC, através do NAT, realizará, no dia 24 de abril, a partir das 15h, um evento de lançamento do Programa de Gratuidade para Comunidades Vizinhas, que contemplará moradores das comunidades Poço da Draga, Graviola e Moura Brasil com acesso gratuito a até 10% da capacidade dos eventos com ingressos pagos realizados pelo Dragão. Iniciado em março, o cadastramento dos moradores continua e o benefício estará disponível a partir de maio. Na ocasião, as mulheres guardiãs das memórias das comunidades vizinhas serão homenageadas e apresentados os avanços alcançados ao longo do primeiro ano do Núcleo. 

      No dia 25, a partir das 20h, no Minianfiteatro, será lançado o “Palavra Viva”, mais um novo programa, fruto de parceria com a Biblioteca Pública Estadual do Ceará (Bece), que trará agendas gratuitas de sarau, slams, batalhas de rimas, entre outras manifestações literárias. Em edição celebrativa a Mário Gomes, um sarau de poesia, música e intervenção artística seguirá até as 21h30, com acesso gratuito e livre. Com curadoria e cerimonial de Francélio Alencar, participam da ação Nina Rizzi, Julie Oliveira, Rayssa Rayz, Chicão Oliveira, o  artista, poeta e ator de rua, escritor, educador social e arte educador Wagner Gonçalves; Iolanda do Nascimento, poetisa e uma das guardiãs da memória da comunidade Poço da Draga; o poeta marginal, educador social, articulador cultural, arteativista e militante dos direitos humanos, Cris Oliveira, e Reginaldo Figueiredo, poeta e fundador do Templo da Poesia. Acompanhado da DJ Ada Porã, o ator Murillo Ramos performará o homenageado. 

      A partir do dia 30 de abril, terá início o “Esquenta Dragão”, realizado em parceria com a Yall, Gandaia, Kósmica e Level, casas noturnas circunvizinhas ao Dragão, que apresentará atrações musicais e Dj’s residentes no Espaço Rogaciano Leite Filho, a partir das 18h, aquecendo para a festa que seguirá nas próprias casas parceiras. Abrindo o programa, Laura Nogueira e os DJs Zito, Aka, Luiz Neto, Ítalo Bergman e Cavalcante animam noite adentro.


Cinema
 

   
     Entre os dias 26 e 28 de abril, o Cinema do Dragão traz, em parceria com o Museu de Arte Contemporânea do Ceará (MAC-CE), a mostra “Negras Lutas, Lutas Negras”, seleção de 11 filmes contemporâneos cearenses que elaboram esteticamente, desde uma perspectiva negra e/ou antirracista, arquivos, memórias e violências coloniais, ora lidando diretamente com o fato histórico pioneiro do Ceará, a abolição em 25 de março de 1884, ora pensando e denunciando a persistência da estrutura e lógica escravocrata. O recorte provoca reflexões em torno dos 140 anos da abolição no Ceará, lançando um olhar crítico sobre processos de libertação dos povos negros e as lutas abolicionistas ainda em curso no país, a partir de um diálogo com a exposição “Anas, Simoas e Dragões: Negras Lutas por Liberdade”, em cartaz no MAC-CE, e realizada em parceria com o Museu do Ceará. O acesso às sessões será gratuito, com retirada de acessos na bilheteria do Cinema, uma hora antes de cada sessão. 

      No dia 30, em parceria com o NAT, o Cinema do Dragão realiza mais uma ação do projeto Se Achegue!, programa que este mês celebra um ano, com a exibição gratuita de filmes direcionada para pessoas em situação e superação de rua. A partir das 18h, o encontro, que mensalmente acontece no Espaço Rogaciano Leite Filho, acontecerá, desta vez, na sala 1 do Cinema do Dragão, com a exibição de ‘Saudosa Maloca’, de Pedro Serrano.

Museus

  Exposição de longa duração inaugurada também em 1999, a exposição “Vaqueiros”, ainda em cartaz no Museu da Cultura Cearense (MCC),  também está completando 25 anos. Para marcar o aniversário, o Museu promoverá, no dia 27, a vivência educativa “O Dragão do Mar e o Vaqueiro: 25 anos do centro cultural e da exposição”, uma visita guiada pelo historiador Mateus Django, que sairá da Arena Dragão do Mar, a partir das 9h, por espaços diversos do centro cultural até a própria exposição. Na ocasião, será apresentada a trajetória histórica que culmina com os processos de transformações da cidade de Fortaleza na virada do século. Acessível em Libras, a participação é gratuita, mas é preciso efetuar inscrição pelo link bit.ly/inscricoesnomcc ou na administração do Museu da Cultura Cearense. A ação é direcionada para profissionais da Educação, estudantes da área de Humanas e profissionais de Turismo, com idade mínima de 16 anos.   

     Ainda celebrando as mais de duas décadas de Vaqueiros, no dia 28, a partir das 10h, o MCC traz Jefferson Marinho, Renan Salgado Almeida e John Robson de Souza Menezes para conduzir o público através de uma mediação imersiva na exposição. Com ponto de partida na Varanda dos Museus, os músicos são acompanhados pelo educador e estudante de Geografia, Renan Salgado, que irá destacar no percurso elementos diversos da materialidade e constituição do universo do vaqueiro inseridos nas canções de Luiz Gonzaga e outros artistas consagrados que inspiraram o trio. Por meio de uma abordagem crítico-reflexiva e através da interpretação de cantos típicos, aboios, repentes, trovadas, declamação de cordel e músicas de domínio público pertencentes à cultura popular nordestina, a visita educativa tem o objetivo de difundir questões referentes ao vaqueiro cearense e nordestino, como suas origens históricas, desenvolvimento, panorama social e geográfico na história do Brasil, apontando elementos sobre suas influências, magnitude e significância na formação cultural cearense e nordestina, com temáticas ligadas à formação da sociedade e do Ceará, junto aos patrimônios materiais e imateriais perpetrados por tais personagens simbólico-históricos.

     Já o Museu de Arte Contemporânea do Ceará traz em destaque, além da mostra “Negras Lutas, Lutas Negras”, realizada em parceria com o Cinema do Dragão, a roda de conversa “Chico da Matilde: Memórias das lutas negras por liberdade”, no dia 27, a partir das 14h, nas salas expositivas de “Anas, Simôas e Dragões: Lutas negras pela Liberdade”. Partindo da trajetória histórica de Chico da Matilde e suas presentificações no nosso tempo, as historiadoras, pesquisadoras e curadoras Ana Aline Furtado e Cícera Barbosa, a diretora do Museu do Ceará Rachel Caminha e o historiador Weber Porfírio, também da equipe do Museu do Ceará, conversam sobre como os processos de resistência estão atrelados às memórias construídas sobre o catraeiro cearense e como elas contribuem para as reflexões sobre AfroPatrimônios, gerando contra leituras da História do Ceará. Após o encontro, o público será convidado a assistir ao work-in progress de ‘Fortaleza Liberta’ (2024, Natália Maia e Samuel Brasileiro), às 16h, no Cinema do Dragão. Integrando a mostra “Negras Lutas, Lutas Negras”, a produção aborda a tela “Fortaleza Liberta”, obra do Museu do Ceará que compõe o acervo da exposição “Anas, Simôas e Dragões: Lutas negras pela Liberdade”.
    Além das atividades educativas nos Museus, o MCC e o MAC-CE somam sete exposições em cartaz, que podem ser visitadas gratuitamente das 9h às 18h (último acesso 17h30), de quarta a sexta, e das 13h às 18h (com acesso até as 17h30) aos sábados e domingos. 

Planetário

     A boa nova destes dias é que a partir desta semana o Planetário traz duas sessões acessibilizadas em Libras, de quinta a domingo: “Passaporte para o Universo” e “A Lenda da Princesa Acorrentada”. Além disso, as sessões do domingo (28) serão gratuitas, mediante a retirada de ingresso (até dois por CPF), com distribuição iniciada uma hora antes de cada sessão. Na quinta (25) e na sexta (26) serão exibidas a infantil “Viagem no Foguete de Papel”, às 18h, e a juvenil-adulta “Passaporte para o Universo”, às 19h. No sábado (27) e no domingo (28), a programação começa a partir das 17h, com uma sessão a cada hora: “Sessão Viagem no Foguete de Papel” (infantil), “A Lenda da Princesa Acorrentada” (infanto-juvenil) às 18h, “Passaporte para o Universo” (juvenil-adulta) às 19h, e “Explore: da Astronomia dos povos antigos ao III Milênio” (juvenil-adulta) às 20h. Os ingressos para as sessões de quinta a sábado custarão R$ 10,00 a meia e R$ 20,00 a inteira, podem ser adquiridos no site da Sympla Bileto (site.bileto.sympla.com.br/dragaodomar) e na bilheteria física no Dragão.

    Seguindo com o “Ciclo de Palestras do Planetário”, programa de difusão de conhecimentos científicos, o Planetário Rubens de Azevedo realiza nestes próximos dias dois novos encontros com especialistas. Nesta quarta-feira (24), a embaixadora do Planetário Nicole Semião (@nicolinha2012) apresentará todo o seu talento em “Você Sabe Caçar Asteroides”. Encerrando a programação do Ciclo em abril, nesta quinta-feira (25), o Prof. Dr. Daniel Brito ministrará palestra sobre “Exoplanetas com DNA Cearense”.

     Finalizando a agenda do Curso Popular de Astronomia em abril, neste sábado (27), às 15h30, na sede do Planetário, a professora de Física e planetarista Sthephany Ruivo falará sobre “A percepção do Céu a partir das Civilizações Mesoamericanas – Maias”, civilização que, mesmo com pouco aparato tecnológico, impressiona até hoje com a precisão das suas descobertas. A formação é indicada para pessoas interessadas em Astronomia e Ciências afins, com idade a partir de 12 anos. Gratuitas, as inscrições estarão disponíveis abertas sempre na quarta-feira anterior à aula da semana, a partir das 12h, no site do Dragão do Mar (www.dragaodomar.org.br) ou diretamente na página do Planetário (www.planetariorubensdeazevedo.com.br), com limite de 50 vagas por turma.

    No domingo (28), às 16h, acontece mais um Música nas Estrelas, programa de sessões especiais que combinam projeções em fulldome com trilhas musicais. Desenvolvidas pela equipe do Planetário Rubens de Azevedo, as sessões conduzem o público a uma viagem imaginária pelo tempo e pelo espaço, entre nebulosas, galáxias, constelações, exoplanetas e muito mais, ao som de encantadoras músicas. O acesso é gratuito, sendo necessário retirar convite uma hora antes, na bilheteria do Planetário, sendo disponibilizados 50 lugares por sessão.

    Segue em cartaz, com visitações diárias, das 9h às 17h, no Espaço Mix, a exposição “Meteoritos Pé na Estrada”, mostra fruto de parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) que apresenta ao público os principais tipos de meteoritos. 


Teatro

     No dia 27, os amantes das artes cênicas também poderão conferir homenagem a Mário Gomes. A partir das 17h, os visitantes do Dragão poderão  assistir a “Maquinamário – Barroco Sonho Cidade para um Descomunal Poeta”, novo projeto do Museu Escafandro de Novidades. Com encenação de Murillo Ramos e textos de Beto Menêis, o espetáculo de rua e praças se debruça sobre a vida e obra do Poeta Descomunal.
    Nos dias 27 e 28, às 19h, o Teatro Dragão do Mar receberá o espetáculo “3 Maneiras de Tocar no Assunto”, com dramaturgia e atuação de Leonardo Netto e direção de Fabiano Dadado de Freitas. Com três solos independentes, o premiado espetáculo aborda questões relacionadas à homofobia. O acesso é gratuito, sendo necessário retirar o acesso online antecipadamente, via link linktr.ee/3maneirasteatro (50% da capacidade disponibilizada até 19/04 e 10% da capacidade disponibilizada a partir do dia 20/04) ou retirada presencial na bilheteria do teatro, 1h antes das apresentações (50% da capacidade). A retirada será limitada a um ingresso por pessoa e os ingressos retirados digitalmente devem ser validados na bilheteria do teatro até 15 minutos antes da apresentação (caso contrário, será liberado para o público presente).

Música

    A festa não pára e também tem programação musical gratuita para gostos diversos, com noites dedicadas à MPB, ao Rock, ao Forró e ao Samba.

     No dia 26, a partir das 19h30, no Teatro Dragão do Mar, a potência de vozes femininas cearenses ecoam uma homenagem ao Massafeira. Passados 45 anos do show realizado em 1979, Alice David, Claudine Albuquerque, Marta Aurélia e Mona Gadelha, artistas de diferentes gerações, acompanhadas pela banda formada por Joana Lima nos teclados, Naiara Lopes na bateria e Vitoriano no baixo, se reúnem para apresentar releituras de parte do álbum “Massafeira”, lançado em 1980 pela CBS. No repertório, 16 canções do álbum, concebido e produzido por Ednardo e Augusto Pontes, que marcou o período de grande efervescência cultural na cidade. A apresentação tem direção artística e roteiro de Mona Gadelha e direção musical de Mimi Rocha. 

      Neste mesmo dia, o Anfiteatro Sérgio Motta marcará a noite com um som da pesada, a partir das 20h. Abrindo a programação dedicada ao rock, o grupo cearense Corja!, considerado um dos grandes expoentes do metal nordestino da atualidade e encabeçado pela marcante performance e vocal gutural da vocalista Haru Cage, apresenta “Insulto Tour”, disco marcado pelo crossover do metal extremo com o hardcore. Em seguida, a banda paulista de metal Eskröta, outro grupo liderado por uma mulher, apresenta “Atenciosamente, Eskröta”, repertório marcado por temáticas relacionadas ao universo feminino em músicas autorais. Fechando a agenda do Anfiteatro, o power trio Black Pantera apresenta “Ascensão”.

     Para quem curte mesmo é um bom baile, ainda no dia 26, às 20h, no Espaço Rogaciano Leite Filho, acontece o Baile Charme 2000, com festa assinada pelo sele É Proibido mas se Quiser Pode (EPMSQP). Com viés político de resistência, o encontro, que tem protagonismo periférico, negro e LGBTQIAP+, enfatiza sonoridades diversas que costuram a infância e a adolescência de quem viveu os anos 90/2000. 

     No dia 27, será a vez do Forró dominar a Praça Verde do Dragão. Quem abre a programação, a partir das 19h, é a DJ Lolost, que contará com participação especial de Vanessa A Cantora e suas interpretações de forró das antigas. Em seguida, a musa do forró romântico Danieze Santiago sobe ao palco para embalar os corações apaixonados, com sucessos como “É que eu não te esqueci” e “O mundo vai cobrar”. Para fechar o sábado com chave de ouro, nada menos do que Lagosta Bronzeada, seu um repertório repleto de sucessos, como “Tudo ou Nada”, “Louca de Saudade”, “Solidão é Algo”, além de grandes sucessos regravados de outros artistas, como “Frio da Solidão”, “Janeiro a Janeiro” e “Solidão”.

     No dia 28, o público será brindado com uma experiência sonora única, inédita em Fortaleza. Com “Marcelo D2 e um punhado de bamba!”, o vocalista da banda Planet Hemp mostra que parece ter encontrado a batida perfeita. No fim de tarde, a Praça Verde receberá uma grande e afetuosa festa de celebração aos ancestrais e aos 25 anos do Centro de Arte e Cultura, marcada pelo encontro do rap com o samba. D2 convoca a atenção e as portas da Praça Verde se abrem e aumentam o poder da visão para seu “novo samba tradicional”, que combina elementos clássicos do samba, como cavaquinho, coro, percussão e metais, com os graves eletrônicos do rap. No repertório, P O V O . D E . F É, um afro samba digital lançado em dezembro para introduzir IBORÚ, seu próximo álbum; seis músicas ainda não lançadas e versões dos clássicos do samba e de sucessos recentes que ecoam no imaginário das pessoas e nas rodas de todo o país. No telão, um show à parte com imagens que são uma verdadeira ode ao samba de resistência, seus personagens – reais e míticos – e às tradições do subúrbio que costuram a densa e rica teia da história popular. O esquenta para o show começa às 17h com o grupo Essas Mulheres, integrado pelas talentosas Mona Mendes (violonista/cavaquinhista/ cantora), Patrícia Trajano (cantora e diretora), Flávia Soledade, Gaby Bastos e Lyandra (Percussão Geral), Samya Kássia (Cavaquinho) e Ninil do Sax (Sopro), tocando do brega ao samba de raiz.

 

Feirinha


    Nos dias 27 e 28, das 17h às 22h, a Chamego Feira levará à Avenida Almirante Tamandaré expositores de marcas autorais cearenses, com produtos de vestuário, calçados, bolsas e acessórios, design, decoração e muito mais.

 

PROGRAMAÇÃO

24 de abril (quarta-feira)


15h – Apresentação do Programa de Gratuidade para Comunidades Vizinhas
No auditório do Dragão
Acesso gratuito e livre

19h – [Ciclo de Palestras do Planetário] “Você sabe caçar asteroides”, com Nicole Semião
No auditório do Dragão
Acesso gratuito e livre

 

25 de abril (quinta-feira)

18h – Sessão “Viagem no Foguete de Papel” (infantil)
19h – Sessão “Passaporte para o Universo” (juvenil-adulta) [Acessível em Libras]
No Planetário Rubens de Azevedo
Ingressos R$ 10,00 a meia e R$ 20,00 a inteira, à venda na Sympla Bileto (site.bileto.sympla.com.br/dragaodomar), além da bilheteria física no Dragão. 65 lugares.

19h – [Ciclo de Palestras do Planetário] “Exoplanetas com DNA Cearense”, com o Prof. Dr. Daniel Brito
No auditório do Dragão
Acesso gratuito e livre
 


20h às 21h30 – Sarau “Palavra Viva” em homenagem a Mário Gomes [parceria com Bece] com performance de Murillo Ramos e da DJ Ada Porã, Nina Rizzi, Julie Oliveira, Rayssa Rayz, Chicão Oliveira, Wagner Gonçalves, Iolanda do Nascimento, Cris Oliveira, Reginaldo Figueiredo e cerimonial de Francélio Alencar 
No Minianfiteatro
Acesso gratuito e livre



26 de abril (sexta-feira)

17h – Mostra “Negras Lutas, Lutas Negras”
‘Não fique triste menino’, CE, Clébson Francisco
‘ABÁ’, 1992, 5 min., Raquel Gerber e Cristina Amaral
Longa-metragem – ORÍ, 1989, 100 min. – Raquel Gerber
No Cinema do Dragão
Acesso gratuito mediante retirada de acessos na bilheteria do Cinema, uma hora antes de cada sessão. Classificação: 12 anos.


18h – Sessão “Viagem no Foguete de Papel” (infantil)
19h – Sessão “Passaporte para o Universo” (juvenil-adulta) [Acessível em Libras]
No Planetário Rubens de Azevedo
Acesso gratuito mediante retirada de acessos na Bilheteria do Planetário (até dois por pessoa), no dia das sessões, a partir das 17h. 60 lugares.

19h30 – “Mostra Negras Lutas, Lutas Negras”
‘Rastros da z’encruzilhadas, Pedra Silva, 5 min
‘Itinerário de uma história soterrada’, 2023, 5 min., Lucas Vidal
‘Tambor na pele’, 18 min., Ana Paula Oliveira
‘Revendo Chico da Matilde’, 11 min., direção Natália Magalhães e David Felício, sessão seguida de conversa com os/as realizadores/as
No Cinema do Dragão
Acesso gratuito mediante retirada de acessos na bilheteria do Cinema, uma hora antes de cada sessão. Classificação: 12 anos.

19h30 – Mulheres Cantam a Massafeira, com direção de Mona Gadelha
No Teatro Dragão do Mar
Acesso gratuito mediante retirada de acessos na bilheteria do Teatro, uma hora antes. Classificação livre. Duração: 90 min. Acessível em Libras.

20h – Corja! + Eskröta + Black Pantera
No Anfiteatro Sérgio Motta
Acesso gratuito mediante doação de 1 kg de alimento não perecível (exceto sal). Classificação: 18 anos. Duração: 170 minutos. Acessível em Libras.

20h – Baile Charme 2000
No Espaço Rogaciano Leite Filho
Acesso gratuito. Classificação: 16 anos. Duração: 180 min. 

27 de abril (sábado)

9h às 11h – [Vivência Educativa] O Dragão do Mar e o Vaqueiro: 25 anos do Centro Cultural e da Exposição, com o historiador Mateus Django
Saída da Arena Dragão do Mar até a exposição Vaqueiros
Acesso gratuito mediante inscrição pelo formulário: bit.ly/inscricoesnomcc ou na administração do Museu da Cultura Cearense. 20 vagas. Duração: 120 min. Acessível em Libras. Classificação: 16 anos

14h às 15h30 – Roda de conversa “Chico da Matilde: Memórias das lutas negras por liberdade”, com Ana Aline Furtado, Cícera Barbosa, Rachel Caminha e Weber Porfírio
Na exposição “Anas, Simoas e Dragões: Lutas negras pela Liberdade”, no MAC-CE
Acesso gratuito e livre

15h30 – [Curso Popular de Astronomia] “A percepção do Céu a partir das Civilizações Mesoamericanas – Maias”, com a Profa. Sthephany Ruivo
No Planetário Rubens de Azevedo
Acesso gratuito mediante inscrição prévia e formulário disponível no site www.planetariorubensdeazevedo.com.br, na quarta-feira (24). Duração: 60 min. 50 lugares. Classificação: 12 anos.

16h –  Mostra “Negras Lutas, Lutas Negras”
Work-in progress – ‘Fortaleza Liberta’ (2024, Natália Maia e Samuel Brasileiro) + Debate com a equipe
No Cinema do Dragão
Acesso gratuito mediante retirada de acessos na bilheteria do Cinema, uma hora antes de cada sessão. Classificação: 12 anos.

17h – “Maquinamário – Barroco sonho-cidade para um descomunal poeta”, do Museu Escafandro de Novidades
No Espaço Patativa do Assaré
Acesso gratuito e livre. Duração 90 min. Acessível em Libras.

17h – Sessão “Sessão Viagem no Foguete de Papel” (sessão infantil)
18h – Sessão “A Lenda da Princesa Acorrentada” (sessão infanto-juvenil) [Acessível em Libras]
19h – Sessão “Passaporte para o Universo” (sessão juvenil adulta) [Acessível em Libras]
20h – Sessão “Explore: Da Astronomia dos povos antigos ao III Milênio” (sessão juvenil adulta)
No Planetário Rubens de Azevedo
Ingressos R$ 10,00 a meia e R$ 20,00 a inteira, à venda na Sympla Bileto (site.bileto.sympla.com.br/dragaodomar), além da bilheteria física no Dragão. 65 lugares.
 


18h30 –  Mostra “Negras Lutas, Lutas Negras”
‘Ensaio sobre abismos’, 2022, 08 min., Rafael Luan
Longa-metragem – ‘Euclydes’, 2022, 77min., Rafael MAchado
No Cinema do Dragão
Acesso gratuito mediante retirada de acessos na bilheteria do Cinema, uma hora antes de cada sessão. Classificação: 12 anos.

17h às 22h – Chamego Feira
Na Avenida Almirante Tamandaré
Acesso gratuito e livre 


19h – DJ Lolost, com participação especial de Vanessa A Cantora + Danieze Santiago + Lagosta Bronzeada
Na Praça Verde
Acesso gratuito mediante doação de 1kg de alimento não perecível (exceto sal). Classificação: 18 anos. Acessível em Libras.

19h – “3 Maneiras de Tocar no Assunto”, com dramaturgia e atuação de Leonardo Netto e direção de Fabiano Dadado de Freitas
No Teatro Dragão do Mar
Acesso gratuito mediante a retirada online antecipada de ingresso (1 por pessoa) (50% da capacidade) via link linktr.ee/3maneirasteatro e retirada presencial (50% da capacidade) 1 hora antes do espetáculo. Classificação: 14 anos. Duração: 80 min.

 

28 de abril (domingo)

10h às 12h – [Visita educativa mediada] Sons do Sertão: uma jornada “arretada” pela exposição Vaqueiros, com Jefferson Marinho, John Robson de Souza Menezes, Renan Salgado Almeida
Cortejo com saída da Varanda dos Museus até a exposição Vaqueiros
Acesso gratuito mediante inscrição pelo formulário: bit.ly/inscricoesnomcc ou na administração do Museu da Cultura Cearense. Duração: 120 min. Acessível em Libras. Classificação: 10 anos

16h –  Mostra “Negras Lutas, Lutas Negras” – Sessão seguida de conversa com os/as realizadores/as
‘Manifesto para não esquecer’, 2023, 14 min., dir. Coletivo Negrada
‘Alegoria dos autômatos’, 2022, 15 min., Josy Macedo e Clébson Francisco
‘Redenção’ 2083, 10 min, Jovem Esú
‘Do grão ao Pixel’, 20 min., Karina das Oliveiras e Ridimuim
‘Filhü dü Mangue’, 20 min., Candomba
No Cinema do Dragão
Acesso gratuito mediante retirada de acessos na bilheteria do Cinema, uma hora antes de cada sessão. Classificação: 12 anos.

16h – Música nas Estrelas
No Planetário Rubens de Azevedo
Acesso gratuito mediante retirada de convite uma hora antes na bilheteria. 50 lugares. Duração: 30 min. Livre.

17h – Sessão “Sessão Viagem no Foguete de Papel” (sessão infantil)
18h – Sessão “A Lenda da Princesa Acorrentada” (sessão infanto-juvenil) [Acessível em Libras]
19h – Sessão “Passaporte para o Universo” (sessão juvenil adulta) [Acessível em Libras]
20h – Sessão “Explore: Da Astronomia dos povos antigos ao III Milênio” (sessão juvenil adulta)
No Planetário Rubens de Azevedo
Acesso gratuito mediante retirada de ingresso na bilheteria do Planetário (até dois por pessoa), uma hora antes de cada sessão. 50 lugares

17h às 22h – Chamego Feira
Na Avenida Almirante Tamandaré
Acesso gratuito e livre 

17h – Essas Mulheres, com “Samba das Meninas” + Marcelo D2, com o show “Marcelo D2 e um punhado de bamba!”
Na Praça Verde
Acesso gratuito mediante doação de 1kg de alimento não perecível (exceto sal). Classificação: 18 anos. 

19h – “3 Maneiras de Tocar no Assunto”, com dramaturgia e atuação de Leonardo Netto e direção de Fabiano Dadado de Freitas
No Teatro Dragão do Mar
Acesso gratuito mediante a retirada online antecipada de ingresso (1 por pessoa) (50% da capacidade) via link linktr.ee/3maneirasteatro e retirada presencial (50% da capacidade) 1 hora antes do espetáculo. Classificação: 14 anos. Duração: 80 min.

30 de abril (terça-feira)


18h às 23h – Esquenta Dragão [parceria com Yall, Gandaia, Kósmica e Level]  com Laura Nogueira e os DJs Zito, Aka, Luiz Neto, Ítalo Bergman e Cavalcante
No Espaço Rogaciano Leite Filho
Acesso gratuito e livre. 

18h – Programa Se Achegue! Exibição de ‘Saudosa Maloca’, de Pedro Serrano.
Na sala 1 do Cinema do Dragão
Acesso gratuito. Duração: Classificação: 14 anos. 108 minutos. 

Serviço: Programação especial “Dragão do Mar – 25 anos”
De 24 a 30 de abril de 2023
Horários diversos
Espaços diversos do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema)
Acesso gratuito. Necessário às programações no Anfiteatro e na Praça Verde mediante doação de 1kg de alimento não perecível (exceto sal) 

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com