32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Ceará

Covid: aplicação de D1 no CE está acima da média nacional, mas abaixo da de PI e PE

sexta-feira, 24 de maio 2024

Números da covid-19 se referem ao primeiro trimestre de 2023 e foram publicados nesta sexta pelo IBGE. Total de adultos que receberam mais de uma dose, contudo, é menor que com uma

Foto: Reprodução / Redes sociais

Divulgada nesta sexta-feira (24), a mais nova Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) aponta que a média de vacinação contra covid-19 no Ceará com a primeira dose (D1) ficou acima da nacional, mas abaixo da de Piauí e Pernambuco. O número considera a faixa etária a partir de cinco anos e o primeiro trimestre de 2023 (janeiro, fevereiro e março).

A pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que cerca de 95% (8,3 milhões) das pessoas residentes no Estado tomaram uma dose de algum dos imunizantes contra a doença. A população que mora no Estado é de aproximadamente 8,8 milhões, segundo o Censo 2022, mais recente levantamento demográfico da instituição. No Brasil, a média de aplicação da dose D1 ficou em 82%.

CE ATRÁS DE PI E PE
Apesar do resultado, o Ceará está na quinta colocação no ranking de aplicações de D1. Piauí (96,7), São Paulo (96,4), Minas Gerais (95,9) e Pernambuco (95,8) ocupam respectivamente primeiro, segundo, terceiro e quarto lugares.

A população do Piauí é menor que a do Ceará: cerca de 3,3 milhões. Já a de Pernambuco é de pouco mais de 9 milhões. São Paulo soma 44, 4 milhões e Minas Gerais, 20, 5 milhões. No país são 203 milhões de habitantes. Os números são também do Censo 2022.

HOMENS E MULHERES
Entre os homens que moram no Ceará 3,9 milhões declararam ter tomado pelo menos uma dose (94,1%). Entre as mulheres, o número sobe para 4,3 milhões (96,4%). “Entre todas as pessoas de 5 anos ou mais de idade que tomaram alguma dose de vacina contra a doença, 60,7% disseram ter tomado todas aquelas recomendadas”, complementa a pesquisa.

O levantamento estima também que 1,7 milhão de pessoas no Ceará tiveram a doença pelo menos uma vez. Segundo o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), as indicações para faixas etárias são D1, D2 e 1ª dose de reforço para pessoas de 12 a 39 anos e D1, D2 e 1ª e 2ª doses de reforço para pessoas de 40 anos ou mais.

D1 e D2 NO BRASIL
A PNAD Contínua aponta que, no Brasil, 92,3% das pessoas com 18 anos ou mais tomaram D1 e D2. Na população de 5 a 17 anos, o percentual cai para 71,2%. “Além disso, 3,4% dos adultos de 18 anos ou mais não tinham tomado nenhuma dose da vacina até o momento da pesquisa, percentual que sobe para 14,8% entre crianças e adolescentes de 5 a 17 anos”, explica o IBGE.

Outros apontamentos da PNAD Contínua no Ceará divulgada nesta sexta:
*Um total de 6,6 milhões de pessoas de cinco anos ou mais de idade residentes em áreas urbanas tomaram pelo menos uma dose de algum imunizante, enquanto nas áreas rurais constatou-se 1,7 milhão de pessoas tomaram pelo menos uma dose, daquela faixa etária;

*Entre todas as pessoas de cinco anos ou mais de idade que tomaram alguma dose de vacina contra a doença, 60,7% disseram ter tomado todas aquelas recomendadas até o primeiro trimestre de 2023, sendo 60,0% entre os moradores da área urbana e 63,0% entre aqueles que viviam nas áreas rurais.

*Estima-se que 1,7 milhão de pessoas tiveram, pelo menos uma vez, covid-19 confirmada por teste ou diagnóstico médico até o primeiro trimestre de 2023. Isso significa um percentual de 19,6% da população de cinco anos ou mais – 774 mil eram homens e 930 mil, mulheres (18,4% e 20,7% dos totais de homens e mulheres, respectivamente, dessa faixa etária).

*1,6 milhão de pessoas de 18 anos ou mais declararam ter testado positivo ou tido diagnóstico médico da doença, enquanto entre as crianças e adolescentes, isto é, pessoas de 5 a 17 anos, esse número foi 121 mil.

De acordo com o IBGE, os dados acima “se diferenciam daqueles publicados no painel COVID-19 no Brasil, do Ministério da Saúde, pois alguns casos podem não ter sido notificados nos sistemas oficiais, ou pode ter sido realizado o autoteste, sem que a pessoa tenha procurado um serviço de saúde para realizar a notificação do caso confirmado”.

Mais conteúdo sobre:

Ceará Covid-19 Nacional

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com