32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Ceará

Elmano cobra do novo secretário mais policiamento na rua e redução de homicídios

sexta-feira, 31 de maio 2024

Governador se reuniu nesta sexta com Roberto Sá, que toma posse no próximo dia 3 como titular da SSPDS. Encontro teve participação do comandante-geral da PMCE

Coronel Klênio Nascimento, governador Elmano de Freitas (PT) e novo secretário, Roberto Sá / Foto: Carlos Gibaja/Governo do Estado

Kelly Hekally

O governador Elmano de Freitas (PT) pediu em sua primeira reunião com o novo secretário de Segurança Pública, nesta sexta-feira (31), que a prioridade da pasta seja policiamento nas ruas, sensação de segurança para a população e redução dos índices de homicídios.

Elmano e Roberto Sá se reuniram no Centro Integrado de Segurança (Cips), em Fortaleza, inaugurado em novembro do ano passado com a promessa de ser um equipamento de referência na área.

Roberto Sá toma posse oficialmente no próximo dia 3, às 10 horas, também no Cisp, em substituição a Samuel Elânio que ocupava o posto desde o início da atual gestão. Declaração acerca dos números de segurança pública no Ceará, contudo, abriram uma crise política na gestão do petista, e o governador optou por realizar a mudança do mais alto cargo da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) no início desta semana.

Leia também
Crise de 2018 na segurança pública do Rio ocorreu quando Roberto Sá era secretário

Na reunião desta sexta, Elmano, Roberto Sá e o comandante-geral da Polícia Militar do Ceará (PMCE), coronel Klênio Nascimento, conversaram entre outros temas sobre novas estratégias de segurança. Na ocasião, o secretário conheceu as instalações da PMCE.

COMEÇO DA QUEDA
No último dia 22, Elânio disse em coletiva de imprensa que o acumulado de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI) deste ano (janeiro a abril, um total de 1.137) é razoável, quando comparado a números anteriores.

O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), e o ex-secretário de Saúde de Maracanaú, Capitão Wagner (União Brasil), criticaram fortemente as falas do ex-titular. Ambos são os principais adversários de Evandro Leitão (PT), presidente da Assembleia Legislativa de Fortaleza (Alece), que aparece como nome do PT para as eleições de outubro.

Mais conteúdo sobre:

Ceará

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com