32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Economia

Alta dos juros preocupa Sebrae, afirma Okamoto

quinta-feira, 24 de julho 2008

Ao abrir ontem em Fortaleza a Feira do Empreendedor, o presidente nacional do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Paulo Okamato, declarou, ainda sem saber da alta na Selic para 13% ao ano, que o aumento dos juros é uma das suas preocupações constantes. Ele defendeu que as micro e pequenas empresas têm que investir em conhecimento e tecnologia para reduzir o risco bancário.

Sobre os novos negócios, Okamoto informou que o órgão está desafiando os empreendedores a fazerem o seu plano de negócio, mostrarem ao Sebrae, conseguirem o financiamento, por meio do Banco do Brasil e Banco do Nordeste, que estão abrindo linhas de crédito, e receberem acompanhamento durante 24 meses, como forma de garantir a viabilidade e o sucesso do negócio.

Ao ser perguntado sobre o andamento da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas, o representante nacional do Sebrae afirmou que ela está indo bem. "Precisamos disciplinar melhor no País inteiro e assegurar a entrada de outras categorias. Mas, no geral, acho que a Lei está conseguindo o seu objetivo, isto é, garantir uma melhor ambiência para os pequenos negócios", ressaltou.

A Feira do Empreendedor, que segue até o próximo sábado, no horário das 14 às 22 horas, com exposição, cursos e oficinas, no Centro de Convenções Edson Queiroz, é um dos eventos de maior sucesso promovido pelo Sebrae. Desde 1995, é realizada nos diferentes estados e regiões do Brasil, oferecendo oportunidades para o surgimento de centenas de novos negócios a cada edição.

Em versão 2008, a expectativa dos organizadores é de, ao menos, 25 mil visitantes e a viabilização de 350 novos empreedimentos. "Afinal, é o mínimo que se pode esperar depois da enxurrada de conhecimento que vai ser esta Feira do Empreendedor", justificou o presidente do Sebrae. Na última edição realizada em Fortaleza, o público visitante foi de 23.600 pessoas, teve a participação de 274 expositores e gerou 250 novos negócios.

O Sebrae coloca à disposição dos participantes, em um único local, por meio dos seus produtos e serviços, informações para abertura de empresas, tecnologia, cursos, treinamentos direcionados para o desenvolvimento e estímulo à cultura empreendedora.

» Expositores. Dentre os expositores deste ano figuram: empresas detentoras de produtos, processos e serviços que oportunizam a criação de novos negócios; indústrias de pequenas máquinas que permitam a constituição de novas unidades produtivas; franqueadores de pequenos negócios; licenciadores de marcas e produtos; instituições de apoio à criação de empresas; órgãos de registro; agentes financeiros; e agentes capacitadores de mão-de-obra.

» Espaço. A área da unidade setorial da indústria é de 486 metros quadrados, onde estão instalados espaços do Centro Ceará Design; aviamentos e acessórios; software para confecção e calçados; laboratório de criativação da moda; máquinas de produção de sorvetes, picolés, gelo e fast food; omeleteria; Rede Petro – Ceará; ABIMAQ; robótica; panificação, doces e confeitados; incubadoras de empresas; Instituto Euvaldo Lodi.

» Agronegócio. O espaço contempla seis cadeias produtivas, apresentadas da seguinte forma: aqüicultura& pesca; avicultura; apicultura; agroecologia; bovinocultura leiteira; ovinocaprinocultura. Há espaços também para negócios turísticos e empreendedor cultural.

» Artesanato. A proposta do espaço é apresentar ao visitante que intencione empreender no segmento, possibilidades de produção artesanal e manual, de forma a estimular a criação de negócios e geração de renda. Por outro lado, a feira proporcionará aos visitantes que já atuam na atividade, conhecimento de produtos diferenciados e inovadores utilizando materiais diversos, como fibra de tábua, ferro, cerâmica, palha da bananeira, sisal, fio de algodão, taliscas de coqueiro, madeira rústica e outros.

Os artesãos poderão encontrar fornecedores para alguns insumos utilizados na confecção de peças artesanais e também fornecedores de embalagens e etiquetas de identificação.

» Capacitação. Durante os quatro dias de realização da Feira do Empreendedor, o Sebrae/CE vai colocar a disposição do público, 100 eventos voltados para o incentivo ao empreendedorismo, entre palestras, cursos e oficinas. Todos gratuitos.

Foto: Divulgação

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com