32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Economia

Após duas décadas, RJ terá retorno da Bolsa de Valores

quinta-feira, 04 de julho 2024

O Rio de Janeiro será novamente sede de uma Bolsa de Valores, segundo anunciou, o prefeito Eduardo Paes e o CEO do Americas Trading Group (ATG), Claudio Pracownik. A previsão é que a bolsa comece a operar no segundo semestre de 2025, após a sanção da lei municipal que incentiva a instalação da instituição.
O Projeto de Lei 3276/2024, proposto pela prefeitura, foi aprovado pela Câmara de Vereadores no dia 25 de junho, com 37 votos a favor e 5 contra. A nova legislação reduz o Imposto sobre Serviços de qualquer natureza (ISS) para 2% sobre as atividades desempenhadas por uma Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros, bem como sobre as atividades de sociedades envolvidas na negociação, liquidação e custódia de ativos financeiros. A Bolsa de Valores do Rio de Janeiro (BVRJ) encerrou suas atividades há mais de 20 anos.
Durante a cerimônia, o prefeito destacou a importância econômica do Rio: “O Rio tem uma parte significativa da força econômica do Brasil: a Vale está aqui, a Globo está aqui, a teledramaturgia da Record está no Rio. Mas onde está o setor produtivo? A volta da Bolsa de Valores é a ponta do iceberg. O setor privado percebeu que há uma concorrência a ser feita com São Paulo. Começamos a criar um ambiente econômico, um conjunto de atrativos e novos mercados que surgirão.”
Claudio Pracownik, CEO do ATG, ressaltou que a criação de uma segunda Bolsa de Valores no país, além da existente em São Paulo, é um sinal de maturidade do mercado de capitais brasileiro, o que contribui para uma visão mais positiva do Brasil pelos investidores, especialmente os internacionais. O setor financeiro, no triênio 2021-2023, foi responsável por R$ 1,5 bilhão em impostos (ISS), representando 9,1% da arrecadação total da cidade, segundo dados da Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento. O setor conta com 68,5 mil trabalhadores, gerando 2,7 mil novos empregos entre 2021 e 2023. O salário médio no setor financeiro no Rio é de R$ 9,5 mil por mês, comparado à média nacional de R$ 3,8 mil por mês.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com