32 C°

domingo, 25 de julho de 2021.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Economia

Fecomércio pede reabertura gradual do comércio na Capital

terça-feira, 16 de março 2021

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Ceará (Fecomércio-CE), apresentou na segunda-feira (15), uma proposta para reabertura do comércio e dos restaurantes em Fortaleza a partir da próxima semana. De acordo com o presidente da instituição, Maurício Filizola, a proposta foi encaminhada ao Governo do Estado e Prefeitura de Fortaleza. “O momento é preocupante, precisamos retornar nossas atividades”, disse Filizola.


A proposta foi anunciada durante coletiva de imprensa sobre o resultado da pesquisa de opinião com empresários sobre o posicionamento das empresas em relação ao funcionamento diante da pandemia do Coronavírus no Ceará.


De acordo com Maurício Filizola, o plano de reabertura do comércio, nesse momento de lockdown no Ceará, se baseia nos mesmos moldes adotados no ano passado nas fases de transição da retomada gradual da economia. Segundo explicou, a proposta prevê, em 14 dias, flexibilizar a abertura do comércio e serviços, com um contingente de 50% dos trabalhadores e reforço dos protocolos de higiene nos estabelecimentos.


O presidente da Fecomércio-CE defendeu necessário fiscalização contínua com aplicação de penalidades para os estabelecimentos que não se adequarem aos protocolos, assim como medidas de apoio ao comércio formal para minimizar os impactos econômicos. “Estamos com atividades paradas há mais de uma semana, que já vão completar 15 dias, e não podemos deixar de levar nossa preocupação com a saúde pública, mas preocupação também com as famílias que colaboram com a sociedade fazendo seu trabalho diário, que serve à população. Queremos manter e crescer o número de trabalhadores no comércio de bens e serviços, mas para isso é necessário trabalharmos. Não estamos pedido flexibilização dos protocolos, estamos pedindo a colaboração para o comércio, pela sua importância”, disse Filizola. Durante a apresentação, o presidente da Fecomércio-CE reiterou que a “aglomeração se dá nas atividades informais e clandestinas que não seguem os protocolos como tem feito o comércio formal de bens, serviços e turismo”.

Horários
Confira os horários de funcionamento proposto pela Fecomércio-CE para reabertura do comércio e restaurantes, estabelecido para “minimizar os picos de fluxo de usuários de transporte público, escalonando horários de abertura dos estabelecimentos”.
Centro de Fortaleza – 9 horas às 17 horas; Shoppings de Fortaleza – 12 horas às 21 horas; Lojas de rua – 9 horas às 19 horas; Restaurantes fora dos shoppings – 12 horas às 0 horas

Pesquisa
A pesquisa sobre o comportamento do comércio na pandemia, foi realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Ceará (IPDC), entre os dias 07 e 08 de março, com 535 empresários, através de aplicação de questionários online.


O levantamento apontou que 54% dos entrevistados informaram que não houve funcionário infectado por coronavírus nos seus estabelecimentos e 97% dos empresários afirmaram não ter havido ocorrência de óbito por Covid-19 nas suas empresas. Do total de 34.131 colaboradores das empresas pesquisadas, 1.912 relataram casos de infecção e 23 óbitos.


Na apresentação da pesquisa, o presidente da Fecomércio-CE ressaltou que a abertura do comércio formal não influenciou no aumento dos casos relacionados à covid-19. Segundo Flizola os estabelecimentos cumprem todos os protocolos sanitários e citou o período eleitoral, festas de final de ano, Carnaval e transporte público como fatores decisivos para o aumento de casos.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com