32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Economia

Número de endividados volta a crescer no Ceará

terça-feira, 30 de abril 2024

O número de consumidores que seguem com dívidas e não conseguem quitá-las continua avançando no Ceará. Em março deste ano, por exemplo, a quantidade de pessoas nessas condições cresceu 0,9% no estado se comparado com o mesmo mês do ano anterior. O dado é do levantamento realizado pelo SPC Brasil e Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Ceará (FCDL-CE), e está presente na última edição do Radar do Varejo Cearense. Em fevereiro, nessa mesma base de comparação, o número de negativados recuou 0,7%. Mesmo tendo voltado a crescer, observa-se que o ritmo de avanço ficou abaixo da média nacional, que apontou crescimento de 2,7% no número de negativados.
Na avaliação do economista Ricardo Coimbra, mesmo com o número tendo tido um crescimento, bem abaixo daquilo que se esperava do mercado. “Nesse período, principalmente o período que vem após o período de final de ano e começo de ano, há naturalmente uma queda do desemprego em função de não ter mais a necessidade de parte daquele suporte de trabalho naquele ciclo anterior. Então isso, de certa forma, acaba gerando um pouco de crescimento do endividamento. Os programas que vem, como o Desenrola junto com SPC e Serasa, de alguma forma vem ajudando a contribuir nesse patamar, e o comércio até tem uma expectativa positiva já com os dados do próximo ciclo”. Ainda segundo ele, é interessante observar essa potencialidade de melhoria de cenário, mesmo com esse crescimento do endividamento. “As taxas de juros, mesmo com a queda da taxa Selic, ainda estão num patamar elevado, ou seja, o custo do crédito, de um modo geral, ainda está muito alto. O que, de certa forma, muitas vezes dificulta esse processo de melhoria do negativado e do endividamento”, destacou.
Ainda de acordo com os dados apresentados pelas duas entidades, 33,4% dos negativados têm dívidas atrasadas que somam até R$ 500. Além desses, outros 19,4% têm dívidas que somam entre R$ 1 mil e R$ 2,5 mil e 14,7% com atrasos que somam mais de R$ 7,5 mil. Ainda segundo os dados, o volume de consultas no Ceará vem perdendo ritmo ao longo dos últimos meses. Em março de 2024, esse indicador apresentou o primeiro recuo depois de uma longa sequência de altas. A queda foi de 2,5%.
Nordeste
Na região Nordeste, o indicador que mede o volume de consultas registrou crescimento de 3,7%. A abertura dos dados por idade mostra que os consumidores com idade entre 30 e 39 anos representam cerca de 22,6% do número de Pessoas Físicas consultadas no estado. Por fim, do total de consumidores consultados, 11,1% estavam com o nome negativado em novembro de 2023.
“Esse indicador busca compreender o desempenho do setor com base na evolução do número de consultas de CPFs realizadas pelo varejo e tem se mostrado consistente com o crescimento das vendas, no apurado dos dados do IBGE”, explica Freitas Cordeiro, presidente da FCDL-CE. Nesta edição, a publicação traz informações importantes do panorama econômico no primeiro trimestre de 2024. “A retomada das vendas, a partir de abril, promove novas expectativas positivas nas vendas, ante à proximidade da importante data do Dia das Mães, que movimenta o setor de comércio e serviços”, reforça Freitas Cordeiro.
No cenário nacional, as projeções da Confederação Nacional do Comércio (CNC) apontam que o nível de endividamento deve crescer nos próximos meses, chegando a 79,9% em dezembro de 2024. Já a proporção de famílias inadimplentes deve manter a trajetória de queda, fechando o ano em 27,3%. Ainda segundo a entidade, apesar de sempre haver preocupação com o alto nível de endividamento das famílias, a CNC destaca que “o crédito funciona como um incentivador do consumo, sendo uma renda a mais que pode ser utilizada pela população”. Porém, faz a ressalva de que “no momento em que as famílias não conseguem arcar com o pagamento de suas dívidas, o alto endividamento passa a ter viés negativo, o que não é percebido no momento”.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com