32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Economia

O Supremo Tribunal Federal

segunda-feira, 07 de julho 2008



O Supremo Tribunal Federal deverá julgar o recurso extraordinário que questiona a regulamentação profissional dos jornalistas. Mais do que uma preocupação da categoria, que corre o risco de perder um direito histórico, o julgamento deve ser acompanhado com interesse por toda a sociedade. Para que o assunto seja entendido por todos, a Federação Nacional dos Jornalistas lançou uma campanha, envolvendo Sindicatos em todos os Estados. O presidente da entidade, Sérgio Murillo, tem ido a diversas cidades do País esclarecendo questões e promovendo o debate público sobre o tema. Aqui, transcrevemos uma das peças da campanha nacional.


Em defesa do Jornalismo, da Sociedade e da Democracia no Brasil. A sociedade brasileira está ameaçada numa de suas mais expressivas conquistas: o direito à informação independente e plural, condição indispensável para a verdadeira democracia. O Supremo Tribunal Federal está prestes a julgar o Recurso Extraordinário 511961 que, se aprovado, vai desregulamentar a profissão de jornalista, porque elimina um dos seus pilares: a obrigatoriedade do diploma em Curso Superior de Jornalismo.


Financiamento I


As contratações globais do Banco do Nordeste no 1° semestre de 2008 somaram R$ 5,93 bilhões, distribuídos em 782,6 mil financiamentos. Esse resultado representa um incremento de 76,5% em relação aos valores aplicados no mesmo período do ano passado (R$ 3,36 bilhões).


Financiamento II


As aplicações do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste totalizaram R$ 3,5 bilhões, registrando um crescimento de cerca de 70% (de janeiro a junho de 2007, foram R$ 2,05 bilhões). Com isso, o Banco atingiu o recorde de aplicações do FNE para um único semestre, em 20 anos de criação do Fundo.


Financiamento III


Os números foram apresentados sexta-feira, dia 4, pelo presidente do BNB, Roberto Smith, para profissionais da imprensa cearense durante entrevista coletiva, no auditório do Gabinete da Presidência, em Fortaleza. Também participaram do encontro os diretores Luiz Henrique Mascarenhas (financeiro e de câmbio) e João Emílio Gazzana (Administração de Recursos de Terceiros), além do superintendente do Ceará, Isidro Moraes de Siqueira.


Ensino I


O líder do PDT na Assembléia Legislativa, deputado Ferreira Aragão, informou, durante a sessão plenária de sexta-feira passada que vai apresentar um projeto de lei que institui a inclusão da disciplina de empreendedorismo no currículo do ensino médio das unidades da rede pública do Estado.


Ensino II


Segundo o parlamentar, a criação dessa nova matéria permitirá que os jovens cearenses despertem o gosto pelo trabalho, o que, na opinião do pedetista, vai impactar diretamente na redução dos índices de violência. %u201CO melhor remédio é a ocupação da mente. Ou alguém imagina que só pancada vai resolver?%u201D, indagou, complementando que a polícia já prende demais e que o sistema carcerário está superlotado.


Capacitação I


Teve início ontem a segunda capacitação de 34 instrutores que irão atuar no Programa Empreendedor Rural, em 33 municípios do Estado do Ceará. O treinamento acontecerá em Fortaleza durante sete dias. Funcionarão como professores técnicos do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Estado do Paraná, da Universidade Federal do Paraná, USP, ESALC e do Senar-CE. Já os futuros instrutores são 24 do Ceará, 6 do Piauí e 04 do Rio Grande do Norte.


Capacitação II


Segundo um dos coordenadores no Ceará, Eduardo Queiroz, o Programa Empreendedor Rural , instituído pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará no ano passado tem como objetivo desenvolver competências empreendedoras no meio rural . Ele vem preparando líderes para ações sociais, políticas e econômicas sustentáveis no agronegócio cearense. Em sua concepção, o programa centra-se na formação dessa mentalidade empreendedora e de lideranças rurais, em três fases distintas, tendo como eixo de aprendizagem a elaboração de um projeto para o empreendimento rural, já na primeira etapa.


Emprego I


A Relação Anual de Informações Sociais %u2013 Rais é uma fonte administrativa do Ministério do Trabalho e Emprego %u2013 MTE, que dispõe de informações sobre o número de empregos formais gerados no país. Analisando o estoque de mão-de-obra, ao longo do período de 2000 a 2006, em nível de país, foram gerados 8.926.620 novos postos de trabalho; ou seja, no ano de 2000, 26.228.629 pessoas estavam empregadas com algum vínculo empregatício, enquanto que no ano de 2006, este contingente ascende para 35.155.249 pessoas, refletindo uma média anual da ordem de 1.275.231 novos empregos.


Emprego II


No âmbito regional, sobressaem-se, por ordem de maior crescimento absoluto do estoque de emprego, no período em questão, o Sudeste, 4.097.346; o Nordeste, 1.811.053; o Sul, 1.545.338; o Centro-Oeste, 775.122 e, na última posição, a Região Norte, com a geração de 697.761 novos postos formais de trabalho.


 


Turismo

A Secretaria de Turismo recebeu autoridades governamentais, representantes do trade turístico, além de jornalistas e membros da colônia portuguesa, para apresentação da revista de bordo da companhia aérea Transportes Aéreos Portugueses – Revista UP, edição do mês de julho.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com