32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Economia

PMEs online movimentam R$ 46,5 milhões no Ceará

sexta-feira, 19 de abril 2024

O Ceará segue se destacando como local propício para a expansão de pequenas e médias empresas online. Só nos três primeiros meses do ano, esse segmento de empresa movimentou R$ 46,5 milhões no estado, montante 27% superior se comparado ao mesmo período de 2023 (R$ 36,5 milhões). A estatística é de levantamento realizado pela Nuvemshop, plataforma para criação de lojas online que é líder na América Latina.
No estado, o total de produtos vendidos chegou a um montante de 1,2 milhão, 20% a mais que o registrado em 2023. Os segmentos que mais se destacaram na região foram: Moda (R$ 32,5 milhões), Educação (R$ 1,1 milhão) e Acessórios (R$ 778 mil). Na análise foram consideradas as vendas realizadas durante os dias 1 de janeiro até 31 de março de 2023 e 2024 da base de lojistas cearenses da Nuvemshop.
Seguindo essa tendência, a pequena empresária Rosa de Lima, de 59 anos, mira a expansão do seu negócio. “Atuo no ramo de vestuário feminino há cinco anos. Saio de casa para visitar minhas clientes, que geralmente já conheço, em locais distintos na cidade, mas é inegável hoje a força da internet para quem quer empreender. As redes sociais têm potencializado muito as vendas, ajudando a incrementar o movimento de novas peças e no faturamento. Investir na internet é uma forma fundamental hoje em dia. Mais do que aproximar a loja do cliente, é fato que ajuda a aumentar o faturamento”, disse.
“As datas comerciais do primeiro trimestre, como o Carnaval, a Semana do Consumidor e a Páscoa, foram grandes oportunidades para movimentar o varejo em um período que não é o mais forte em todos os segmentos. Compreender o momento certo, a fim de realizar promoções e oferecer condições especiais ao consumidor, é um diferencial. Aliar uma boa estratégia de negócio com divulgações em redes sociais e formas de fidelizar os clientes foi a receita de sucesso dos empreendedores”, comenta Marcela Orlandi, gerente sênior de Sucesso do Cliente da Nuvemshop.
Para o especialista em finanças, Helder Cavalcante, o microempreendedor precisa estar atento às tendências do mercado online. “São ferramentas gratuitas, disponíveis para quem quiser aproveitar. Hoje em dia é inegavelmente importante que o pequeno empresário mostre o seu negócio na internet, seja por meio de um portal ou de um perfil nas redes sociais. São estratégias assim que fomentam novos negócios, geram emprego e renda, pois por meio das vendas online as empresas que são pequenas hoje podem vir a serem grandes amanhã, o que é importante não só para o empresário, mas para o estado do Ceará, que passa a ostentar dados positivos de novos e exitosos negócios”, considerou.
A Nuvemshop é a plataforma de e-commerce líder na América Latina e tem o compromisso de motivar os empreendedores a transformarem seus negócios. Com mais de 120 mil lojas, integra produtos, pagamentos, envios e disponibiliza de um ecossistema com mais de 1.000 parceiros, como Facebook, Instagram, marketplaces e lojas físicas. Atualmente, a companhia tem mais de 1.000 colaboradores e escritórios no Brasil, México, Argentina e Colômbia.

Principais estratégias de vendas online

  1. Faça um plano de vendas e conheça o seu público: O primeiro passo é pesquisar as características do público-alvo e definir sua persona, a representação do cliente ideal, ou seja, aquele que você deseja atrair. Isso ajuda na prospecção, comunicação coerente e alinhamento com as expectativas do cliente.
  2. Tenha um site de vendas confiável: É crucial garantir que seu site seja fácil de usar, seguro, responsivo para mobile, ou seja, que funcione bem no celular, seja de fácil navegação e que ofereça opções de pagamento e frete. O principal é minimizar o medo que alguns clientes ainda têm de comprar online, conquistar a sua confiança e simplificar o processo de compra.
  3. Acompanhe as tendências de vendas online: Fique atualizado com as últimas tendências do mercado online. Entender esse mercado é fundamental para identificar o comportamento dos consumidores, onde você deve investir e quais práticas deve evitar para não perder seu tempo e dinheiro.
    Fonte: Sebrae

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com