32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Economia

Varejo cearense recua 0,1% em março, diz IBGE

quinta-feira, 09 de maio 2024

O volume das vendas no comércio varejista no Ceará recuou 0,1% na passagem de fevereiro para março. No acumulado do ano, houve expansão de 9,1%, enquanto no acumulado dos últimos 12 meses, a alta é de 8,4%. Já se comparar com o mesmo mês de 2023, o crescimento do varejo foi de 8,8%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), divulgada nessa quarta-feira (08/05) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
No comércio varejista ampliado, que inclui, além do varejo, as atividades de veículos, motos, partes e peças, material de construção e atacado de produtos alimentícios, bebidas e fumo, o volume de vendas variou negativamente 1,2% na passagem de fevereiro para março. Já na comparação com março de 2023, houve alta de 2,8%.
Ainda segundo o IBGE, em março, as vendas no varejo avançaram 8,8% em relação ao mesmo período do ano passado. Três das oito atividades tiveram recuo: Tecidos, vestuário e calçados (-7,7%), Móveis e eletrodomésticos (-0,2%) e Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-14,8%). Os cinco setores que apresentaram crescimento, foram Outros artigos de uso pessoal e doméstico (29,6%), Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (16,5%), Hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (8,2%), Combustíveis e lubrificantes (9,1%) e Livros, jornais, revistas e papelaria (1,0%). Considerando o comércio varejista ampliado, houve alta em Material de construção (2,8%) e quedas no Atacado especializado em produtos alimentícios, bebidas e fumo (-3,8%) e Veículos e motos, partes e peças apresentou alta de 11,1%, nesta mesma comparação.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com