32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Esportes

Ceará empata sem gols com o Operário pela série B do Campeonato Brasileiro

segunda-feira, 20 de maio 2024

Operário e Ceará ficaram no empate sem gols, neste último domingo (19), no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa-PR, em duelo da 6ª rodada da Série B. A partida teve poucas emoções, apesar do maior volume de jogo dos donos da casa. Os dois times estão colados na tabela. O time da capital cearense  é o 8°, com os mesmos 9 pontos do Operário, uma posição abaixo. 

O Ceará não fez um bom jogo, pouco incomodando a meta dos donos da casa. Foi somente na reta final que o Vozão teve duas chances claras de gol, desperdiçando ambas. 

Foto: Divulgação

Partida 

Foi um primeiro tempo animado em Ponta Grossa. O Ceará usou com frequência os arremates de fora da área para ameaçar. Já a equipe da casa tinha Felipe Augusto como referência criativa e mostrava força no jogo pelo alto. Foi um primeiro tempo de boas chances.  O Alvinegro começou o jogo ameaçando em chute de fora de Erick Pulga. Rafael Santos espalmou. O Operário teve tudo para responder em contragolpe, e Maxwell ia saindo sozinho, mas titubeou e permitiu que Jean Irmer cortasse.  

Aos 20 minutos, de novo arriscando de longe, o Vozão voltou a dar trabalho para Rafael Santos. Lourenço soltou uma pancada de fora da área e o goleiro fez mais uma defesa importante. Só depois dos sustos que os donos da casa começaram a responder.  Felipe Augusto foi o primeiro a mostrar que o Operário também estava no jogo. 

O ponta recebeu na direita, cortou para o meio e bateu no canto. Richard quase aceitou, mas deu sorte e viu a bola bater na trave e voltar em suas mãos. Logo em seguida, Ronaldo recebeu cruzamento na área de Felipe Augusto e mandou cabeçada perigosa. 

Já aos 39, Lucas Hipólito teve chance ainda mais clara. O lateral apareceu na área para completar cobrança de falta de Cássio Gabriel e por muito pouco não inaugurou o marcador. Ainda antes do intervalo, Richardson voltou a responder pelos alvinegros em chute de fora, enquanto Paulo Victor ameaçou em cobrança de falta. 

O Operário esboçou uma pressão mais forte no início do segundo tempo. Ronaldo foi o primeiro a colocar Richard para trabalhar, enquanto Daniel, na sequência, mandou arremate perigoso. Era um Fantasma mais presente no último terço. Ainda assim, o Ceará não deixava de ser perigoso. Tinha mais espaço para contra-atacar e usar a velocidade de Erick Pulga. Facundo Castro quase marcou aos 19, ao receber cruzamento de Pulga na área. A bola passou perto da trave.  

O jogo esfriou durante boa parte do segundo tempo, mas voltou a esquentar no fim. Já aos 41 minutos, após bola levantada na área e desvio de Yago, Pulga ficou com a bola limpa na pequena área, mas Rafael Santos fez uma defesaça para evitar o gol.  

O Alvinegro aproveitou o lance para pressionar nos minutos finais, e ainda voltaria a ter grande chance na pequena área. Aylon primeiro tentou de cabeça, Rafael soltou e Yago teve tudo para marcar de frente para o gol, mas chutou para o alto.  O Fantasma teve sua chance já nos acréscimos, também pelo alto. Maxwell recebeu o cruzamento e mandou a cabeçada para fora. Com tantas chances perdidas, o destino final do encontro foi mesmo o 0 a 0.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com