32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Esportes

Fortaleza e Ceará empatam pela primeira final do Campeonato Cearense

segunda-feira, 01 de abril 2024


Fortaleza e Ceará empataram por 0 a 0 na tarde deste último sábado (30), na Arena Castelão, no jogo de ida da final do Campeonato Cearense. A decisão ficou para o próximo sábado (6), às 16h40, novamente na Arena Castelão. Quem vencer conquistará o título, e uma nova igualdade no marcador levará a decisão para os pênaltis. O Leão tem 46 títulos e busca o 47º, enquanto o Vozão tem 45 troféus e tenta igualar com o maior rival.

Foto: Divulgação

O primeiro tempo de jogo foi bem igual entre as duas equipes. No primeiro lance de perigo, o Ceará chegou pela direita com o lateral Raí Ramos, que cruzou para dentro da área. O atacante Aylon escorou a bola, mas o goleiro tricolor, João Ricardo, fez a defesa. O Fortaleza respondeu com o argentino Lucero, que finalizou pelo lado esquerdo de ataque. A bola bateu nas redes da meta de Richard, mas do lado de fora.

A etapa inicial foi até o fim sem muitas outras chances para os rivais. Nos 45 primeiros minutos do embate, três cartões amarelos foram apresentados pelo juiz Ramon Abatti: dois para o Fortaleza (Titi e Lucero) e um para o Ceará (Ramon Menezes). A posse de bola foi bem disputada entre os dois clubes na etapa.

Os 45 minutos complementares tiveram início com substituição nos dois times. No Leão do Pici, a troca foi do atacante Moisés por Marinho. No Vozão, troca de laterais-esquerdos: Matheus Bahia saiu para a entrada de Paulo Victor. Antes dos 10 minutos, dois atletas do Vovô receberam amarelo, o volante Richardson e o meia Lucas Mugni. O cartão dado ao volante fez com que Mancini o tirasse de jogo, para a entrada de Jean Irmer, da mesma posição.

A primeira chegada com perigo foi do Fortaleza, com o lateral-direito Dudu. O atleta chutou cruzado, obrigando boa defesa de Richard. Aos 17, mais uma alteração para cada lado: Saulo Mineiro entrou no lugar de Barceló, no Ceará, e Yago Pikachu na vaga de Dudu, pelo Tricolor. Após 10 minutos, o meia Calebe entrou no lugar de Hércules, pelo Laion.

O jogo estava em um ritmo mais lento, quando o Ceará produziu a sua melhor chance no jogo. Saulo Mineiro ganhou do zagueiro Kuscevic e saiu cara a cara com João Ricardo. No entanto, a chance foi desperdiçada e o atacante finalizou nos peitos do arqueiro. Aos 32, mais uma boa chance para o Vozão. Erick Pulga, destaque alvinegro, fez boa jogada pelo lado esquerdo de ataque e finalizou colocado de fora da área. João Ricardo, de mão trocada, fez outra boa defesa.

O Fortaleza fez suas duas últimas trocas aos 33 minutos, com as entradas de Pocchetino e Thiago Galhardo nas vagas de Calebe e Lucero, respectivamente. Aos 37, Bruninho, pelo Ceará, entrou no lugar de Lucas Mugni. Até o fim do jogo, Jean Irmer e Raí Ramos, pelo Ceará, e Bruno Pacheco e Brítez, pelo Fortaleza, levaram amarelo.

As duas equipes voltam a campo no próximo sábado, às 16h40 (de Brasília), novamente no Castelão, pelo jogo de volta do torneio estadual. Antes, porém, o Fortaleza tem compromisso com o Sportivo Trinidense (PAR), na quarta-feira, na estreia da Copa Sul-Americana. Enquanto isso, o Ceará terá a semana livre para se preparar para o clássico.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com