32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Esportes

Gigantes dos cassinos preparam entrada no mercado brasileiro

terça-feira, 21 de maio 2024

Imagem: https://pixabay.com/photos/ballots-money-real-note-1195064/  

O mercado de cassino online brasileiro já é um dos maiores do mundo, mesmo tendo apenas um pouco mais de 5 anos de existência. Hoje em dia, você encontra alguns dos maiores operadores de cassino online e apostas esportivas disponíveis no Brasil. 

No entanto, a competição deve aumentar ainda mais com a chegada de gigantes americanas ao mercado nacional. Notícias recentes indicam que Hard Rock, DraftKings e MGM Resorts estão de olho no cenário de iGaming nacional e acompanham de perto as discussões pela legalização dos cassinos físicos, bingo e outros jogos no país. 

Mercado de cassino online pode ter concorrência ainda maior 

Como mencionamos no início do artigo, o Brasil já é o 10º maior mercado de cassino online do mundo e tem tudo para crescer ainda mais no futuro próximo. Fatos como a regulamentação recentemente aprovada e crescente adesão dos brasileiros à prática do jogos de cassino online.  

De acordo com uma reportagem da Globo, gigantes do setor como DraftKings, MGM Resorts e Hard Rock já demonstraram interesse em operar no país a partir do fim do ano. Em novembro deste ano, a regulamentação já deverá estar completamente finalizada e em vigência, proporcionando maior respaldo e segurança para marcas estabelecidas, como é o caso dos gigantes americanos.  

No entanto, embora marcas como essas 3 mencionadas tenham grande representatividade e possivelmente vão mudar o panorama do mercado nacional, é importante salientar também que já são 5 anos de atividade de outros players de peso. Portanto, eles também terão de se esforçar para alcançar seu “lugar ao sol” por aqui. 

KTO é surpresa no Share of Voice do mercado nacional 

Um estudo recente da ENV Media, agência de marketing de performance especializada em iGaming, analisou Share of Voice dos operadores de cassino no cenário. De certa forma, o SoV é o alcance que uma marca tem dentro de um determinado mercado, no caso dos cassinos, o ambiente é extremamente competitivo, como é de se esperar.  

Gráfico do Share of Voice dos operadores de cassino no Brasil em 2024 por ENV Media 

Como se vê, os operadores de cassino online com as 5 maiores parcelas de Share of Voice no Brasil são todas marcas tradicionais do mercado, exceto pela KTO, no terceiro lugar com 10.15%. A empresa é a grande surpresa no cenário de iGaming nacional, pois não tem a presença tão forte na Europa e em outros países, mas se consolidou como um cassino online de destaque no país. 

No mais, marcas gigantes de outros mercados sedimentados marcam presença no top 5 como Betfair (12.05%), Betano (11.42%), Bet365 (8.24%) e Betway (7.13%). Dados como esses nos ajudam a compreender os movimentos que o mercado de iGaming brasileiro faz e acompanha tendências globais, com grandes players assegurando parcelas significativas tanto em Share of Voice como em número de usuários. 

Fazenda irá abrir “exceções” para cassinos online estrangeiros 

No início do mês o Ministério da Fazenda anunciou que operadores estrangeiros de apostas esportivas e cassino online poderão seguir atuando de fora do país de forma excepcional, contanto que sigam um conjunto de regras e atendam a uma série de requisitos. O artigo 4º da lei 14.790 estipula o seguinte sobre a localização do sistema em território nacionla:  

§1º Os sistemas e os dados de que trata o caput deste artigo poderão estar localizados fora do território nacional, em países que possuam Acordo de Cooperação Jurídica Internacional com o Brasil, em matéria civil e penal conjuntamente, desde que observado o inciso VIII do caput do art. 33 da Lei nº 13.709, de 2018 [Lei Geral de Proteção de Dados], e os seguintes requisitos sejam atendidos cumulativamente: 

I – o titular deverá autorizar, de modo específico e prévio, a transferência internacional de seus dados pessoais, cabendo ao agente operador prestar informações claras quanto à finalidade da operação; 

II – a área técnica responsável do Ministério da Fazenda deverá ter acesso seguro e irrestrito, de forma remota e presencial, aos sistemas, às plataformas e aos dados da operação; 

III – o agente operador deverá replicar, no Brasil, sua base de dados e de informações, que serão atualizadas de forma contínua, garantindo que todas as instâncias do banco de dados possuam o mesmo conteúdo, e que sejam testados periodicamente; e 

IV – o agente operador deverá apresentar um plano de continuidade de negócios de Tecnologia da Informação, no caso da ocorrência de situações críticas que possam colocar em risco a operação e os dados, contendo, no mínimo: 

a) mapeamento de cenários de perdas prováveis; 

b) identificação, análise e avaliação dos riscos; 

c) ações de prevenção e mitigação; e 

d) designação de responsáveis. 

Ou seja, contanto que tudo seja devidamente justificado e esteja conforme a legislação, cassinos de fora do país poderão seguir atuando normalmente sem ter uma sede brasileira. Essa flexibilização fará com que ainda mais operadores procurem fazer parte do mercado de cassino online brasileiro, pois reduzirá bastante o custo de atuar no país. 

Portanto, se com a chegada dos gigantes americanos o mercado já iria “inflar”, agora a perspectiva é que todos os grandes players do mundo operem no país. Com a regulamentação devidamente aplicada, fiscalização intensa por parte do governo, investimento internacional e uma grande conscientização sobre o jogo responsável, o Brasil tem tudo para se tornar um dos 5 maiores mercados de cassino do mundo em poucos anos. 

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com