32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Geral

Buracos nas ruas causam transtornos para moradores do Papicu

segunda-feira, 22 de abril 2024

A existência de buracos nas ruas do bairro Papicu, em Fortaleza, tem se mostrado uma dificuldade diária a ser enfrentada por moradores e motoristas que trafegam pelo local. No encontro das ruas César Fonseca com Professor Tito Miranda, por exemplo, uma vassoura chegou a ser utilizada pelos cidadãos para tentar alertar os motoristas sobre os problemas de infraestrutura.
Segundo o advogado Matheus Brandão, morador do bairro, a situação é antiga e gera insatisfação há anos. “Infelizmente, a Prefeitura de Fortaleza não tem feito o necessário para poder manter a cidade e suas vias em uma condição que o contribuinte, pagador de impostos, merece”, afirma, acrescentando que já comunicou sobre a situação às autoridades, por meio da Central 156, mas que, até o momento, não houve qualquer resposta ou providência tomada sobre o assunto.
O canal em questão é a ferramenta disponibilizada pela administração municipal para receber as manifestações da população, abrangendo demandas que envolvem desde casos de descarte irregular de lixo em locais inapropriados, até solicitações de manutenção de iluminação pública e de recuperação ou pavimentação de vias.
Em um outro ponto do Papicu, onde as ruas Emídio Lobo e a Almeida Prado se encontram, há relatos de veículos que perderam peças por conta de uma depressão existente no asfalto. “A gente se sente muito prejudicado porque, muitas vezes, quando entramos ou saímos da rua, o carro é danificado. Já foram vários os veículos que perderam o para-choque”, lamenta Brandão.
De acordo com o morador, o cenário se agrava ainda mais no período chuvoso, quando os buracos nas vias acabam ficando alagados, o que dificulta a visualização por parte dos motoristas e aumenta os riscos. “A água acaba maquiando o buraco e o carro passa com velocidade, sem saber que há algo ali”, explica o advogado.
O coordenador de limpeza veicular Clóvis dos Santos morou na rua Emídio Lobo por pouco mais de um ano e relata que o problema se estende às vias nas adjacências. “Esses buracos se tornavam responsáveis por acidentes, com perdas materiais e, até mesmo, com vítimas. O cidadão, mesmo pagando impostos, sofre em demasia”, descreve.
Procurada pela reportagem, a Secretaria Municipal da Gestão Regional (Seger) informou que uma inspeção já foi feita nas ruas citadas e que um projeto de melhorias para o local está sendo elaborado. “O início dos trabalhos está sujeito às condições climáticas”, pontuou a secretaria.
No início de abril, ao anunciar a realização de serviços da operação tapa-buracos na avenida Silas Munguba, a Prefeitura garantiu que os trabalhos na malha viária de Fortaleza deverão ser intensificados após o fim da quadra chuvosa. Na ocasião, a gestão também divulgou uma lista de vias a serem contempladas em seguida. Entre elas, há avenidas e ruas em bairros como Jacarecanga, Barra do Ceará, Parquelândia, Itaoca, Messejana, Lagoa Redonda, Centro, Passaré, Bonsucesso e Granja Lisboa.

Por Yasmim Rodrigues

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com