32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Geral

Funci realiza ação educativa contra o abuso sexual de crianças

quinta-feira, 16 de maio 2024

A Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci), realiza no próximo sábado (18/05), ação alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A intervenção acontece na Praça José de Alencar, no Centro de Fortaleza, a partir das 9h. A iniciativa contará com rodas de conversa, apresentações e panfletagem, visando conscientizar e orientar a população sobre os alertas, riscos, sinais e formas de prevenção das violência supracitadas.
O evento oferecerá serviços de saúde, assistência social e conselho tutelar. “No dia 18, que é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, vamos promover uma ação para alertar a população sobre essas incidências, infelizmente, às vezes intrafamiliares, que é a questão da violação e exploração sexual. Todos estão convidados para essa ação e com certeza vamos lutar para reduzir as ocorrências e superar esse grande desafio”, ressalta Raimundo Gomes de Matos, presidente da Funci.
Programação
As ações estão sendo realizadas, ao longo do mês de maio, em locais de grande circulação da Capital, como terminais de ônibus, Cucas, shoppings, escolas, dentre outros. O material está sendo divulgado nas escolas, postos de saúde e conselhos tutelares. A programação tem como objetivo erradicar as incidências de abuso e exploração sexual infantojuvenil e sensibilizar a população fortalezense sobre o tema.
Rede Aquarela
Criado em 2006, o Programa Municipal de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes – Rede Aquarela é executado pela Funci e regulamentado pela Lei Nº 11.071/2020. O programa coordena e executa ações de prevenção, mobilização e atendimento multidisciplinar às vítimas e suas famílias, em parceria com as instituições que compõem os eixos de promoção, defesa e controle social do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente. São quatro eixos de atuação: Atendimento Psicossocial, Disseminação Aquarela, DCECA, e 12ª Vara Criminal.
No ano de 2023, o Rede Aquarela teve 789 casos notificados de violência sexual contra crianças e adolescentes. No primeiro trimestre deste ano, já foram registrados 284 casos. A maioria das denúncias tratam-se de meninas que se encontram na faixa etária de 12 a 18 anos.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com