32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Geral

Utilização de inteligência artificial cresce em empresas do Brasil 

quarta-feira, 24 de abril 2024

Com a industrialização e o rápido avanço tecnológico, diferentes tipos de mudanças amplas vem ocorrendo em diferentes áreas da vida cotidiana, gerando transformações que seriam inimagináveis anos atrás. Promovendo conexões inéditas nas relações humanas que tem no seu trabalho a forma de sobrevivência. Foi nesse âmbito que uma novidade surgiu, gerando assombro, tensão e até medo em algumas pessoas. 

Foto: Divulgação

A inteligência artificial, que foi tema de filmes, livros e outras mídias narrativas, por muito tempo esteve presente no imaginário do ser humano, mas sempre como pura ficção. Algo inventado por roteiristas e escritores quando pensavam no que o futuro podia ser. Para a excitação de muitos, a evolução robótica ao longo das décadas permitiu que a questão se tornasse uma realidade, sendo discutida como algo diário e palpável. 

O fato fez diferentes empresas no território brasileiro começarem a utilizar tecnologias de Inteligência artificial em suas operações, gerando uma longa discussão  em  relação à substituição de seres humanos por robôs que poderá provocar um rápido e crescente aumento do desemprego em diversas camadas sociais.  

A psicóloga e especialista em Cultura Organizacional, Veruska Galvão acredita ser fundamental abordar a pauta dentro das empresas, onde ressalta a necessidade de se reinventar nesse período de mudanças profundas.   

“É hora de utilizarmos as nossas habilidades e inteligências humanas, pois essas não serão substituídas pelos robôs e criarmos um espaço de trabalho que talvez ainda não exista. A nossa criatividade, capacidade de inovação, de análise crítica, essas habilidades serão fundamentais para esse momento que estamos vivendo. Nós vamos ganhar em eficiência, porque a inteligência artificial vai fazer atividades que nós geralmente gastamos muito tempo para fazer, como criar conteúdos, automatizar processos, processamento de dados, enfim são diversas funções, melhorando a nossa qualidade de vida para que possamos criar novas coisas, que a inteligência artificial não pode”, salientou 

Atualmente, segundo dados do Índice Global de Adoção de Inteligência Artificial da IBM, 41% das empresas brasileiras utilizam tecnologias de IA nas operações, o país está acima da média da América Latina onde 29% das organizações utilizam IA. O uso no Brasil pode subir de maneira diária em razão do amplo avanço do fato como ferramenta diária em locais fora do âmbito empresarial.      

Para Veruska Galvão,  as empresas ainda não estão preparadas para fazer uma combinação entre a Inteligência Artificial e os seres humanos, pois é preciso criar novos espaços para receber essas tecnologias, além de ser necessário preparar as pessoas para esse avanço. 

“Não acho que a Inteligência Artificial seja um ponto negativo, pelo contrário, significa inovação e avanço, mas muito me preocupa a falta de preparo das organizações para receber essas tecnologias, fazendo assim a interface com os humanos. Investir nas pessoas, nas habilidades humanas, nas relações, pois a qualidade das relações determina a qualidade dos resultados. Em um ambiente de trabalho onde a qualidade das suas relações é boa, os resultados também são muito bons. E mais do que nunca isso vai ser um diferencial. Então, é necessário criar espaços para que o desenvolvimento da nossa humanidade aconteça”

De acordo com o empresário Joaquim Moreira, o avanço da inteligência artificial é algo inevitável, com as empresas precisando se atentar a esse novo mundo que está sendo criado, onde será necessário estabelecer uma nova relação entre as pessoas e o mundo robótico.

“A inteligência artificial é inevitável, não podemos lutar contra o futuro, as empresas terão que se preparar para isso. Com certeza cada vez mais negócios vão aderir, mas é preciso ter um preparo, é necessário criar um espaço dentro do próprio empreendimento para que a questão seja bem conduzida, promovendo uma relação entre os funcionários e a IA”, comentou o empreendedor.   

Por Welisson Castro 

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com