32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

Após nova erupção vulcânica, Islândia decreta estado de emergência

sexta-feira, 09 de fevereiro 2024

A Islândia registrou nesta quinta-feira, 08, sua terceira erupção vulcânica em um período de dois meses. O vulcão em atividade está localizado na península de Reykjanes, no sudoeste do país, e danificou canos de água quente. De acordo com a Guarda Costeira, que sobrevoou o ambiente, a erupção ocorreu na mesma região em que o primeiro fenômeno do tipo foi registrado no dia 18 de dezembro.
Meia hora antes da situação ocorrer, houve também um “pequeno terremoto” , que causou uma fissura de quase três quilômetros de extensão. De tais rachaduras, saem lava e uma densa fumaça. A capital, Reykjavik, está localizada a cerca de 40 quilômetros do local onde o fenômeno aconteceu, mesmo assim, os moradores puderam ver a fumaça do vulcão.

Conforme as informações divulgadas pelas autoridades, o jato de lava chegou a alcançar os 80 metros de altura. No balneário Blue Lagoon, que é internacionalmente conhecido como destino turístico, precisou ser temporariamente fechado. A expectativa, inclusive, é que o local permaneça com atividades suspensas nesta sexta-feira, 09.

Em pleno inverno, a população recebeu a orientação de que limitasse o uso de água quente. A Defesa Civil detalhou que o principal duto da região está danificado, o que torna o recurso mais escasso na península de Reykjanes. “É importante que casas e estabelecimentos comerciais economizem eletricidade e água quente”, recomendaram. Os efeitos do cenário devem ser sentidos por aproximadamente 20 mil pessoas.

Conforme a Defesa Civil, se o consumo não diminuir a água quente disponível em tanques só duraria entre três e seis horas, contadas a partir das 10h da manhã no horário de Brasília. No caso da população efetivamente seguir as orientações das autoridades, tal prazo pode ser estendido para até 12 horas.
Antes da erupção de ontem, o último caso do tipo ocorreu no dia 14 de janeiro, próximo a cidade de Grindavík, onde habitam 4 mil pessoas.

O local foi evacuado ainda em novembro como medida preventiva. A Islândia conta, ao todo, com 32 sistemas ativos, o que a caracteriza como o lugar de maior atividade vulcânica da Europa. Erupções fissurais, como as que costumam ocorrer na península de Reykjanes, normalmente não causam explosões de grande porte ou a liberação de uma quantidade significativa de cinzas na atmosfera. No entanto, os cientistas vêm temendo que eventos desse tipo possam continuar ocorrendo por muitos anos. As autoridades islandesas deram início à construção de diques para desviar a lava das casas e de outras estruturas consideradas críticas.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com