32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

Avanço da extrema direita pode impactar acordo Mercosul-UE

segunda-feira, 17 de junho 2024

O presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou no último sábado, 15, que o Brasil está “pronto” para finalizar o acordo que está sendo negociado entre o Mercosul e a União Europeia há mais de 20 anos, mas que ainda vem enfrentando uma série de obstáculos. De acordo com o chefe do Executivo nacional, agora, tudo depende da Europa, no entanto, isso pode ser um motivo de preocupação já que, segundo Lula, o avanço da extrema direita no continente pode impactar a negociação.
O presidente demonstrou otimismo em relação a algumas lideranças como a de Ursula von der Leyen, que está à frente da Comissão Europeia, e a de Emmanuel Macron, chefe de Estado da França. “Depois de todas as tratativas que o Brasil fez para mudar o acordo, o problema agora é deles”, argumentou o petista em uma coletiva de imprensa na Itália. O acordo em questão encontra-se estacionado desde fevereiro, quando a Comissão do bloco europeu considerou que os sul-americanos não atenderam as “condições” para que as negociações fossem concluídas.
Um dos principais entraves do processo, são as exigências ambientais feitas pelos europeus, principalmente no tocante à indústria e à agricultura latino-americana. Para Lula é necessário cautela. Após as recentes eleições na Europa, o presidente acredita que von der Leyen deverá ser indicada nas próximas semanas para ocupar o mesmo cargo em que atua hoje. Paralelamente, Macron convocou votações na França. “Nós temos que aguardar”, ponderou.
“Eu volto com otimismo que nós do Mercosul estamos prontos para assinar esse acordo e estamos certos de que o acordo será benéfico para a América do Sul, para o Mercosul e para os empresários e governos da União Europeia”, defendeu o brasileiro, que estava cumprindo agenda em solo europeu desde a quinta-feira, 13 e embarcou para o Brasil ainda ontem.
As falas do presidente apenas reforçam as preocupações que já haviam sido sinalizadas pelo assessor especial de Lula para assuntos internacionais, Celso Amorim, em entrevista anterior ao Uol. Amorim defendeu que “Na Europa, a extrema direita estava num canto. Mas agora é preocupante. Toda a ideia de um acordo entre Mercosul e a União Europeia estava ligada a ter um equilíbrio”. Atualmente, o continente vive a maior guinada da extrema direita desde o começo do projeto de integração em 1950.
Partidos ultraconservadores registraram avanços significativos em nações como Alemanha, França, Holanda, Áustria e Itália. É válido ressaltar que o presidente francês é um dos principais críticos ao acordo entre Mercosul e União Europeia. Mas, segundo o líder brasileiro, uma eventual vitória dele poderá facilitar o andamento das negociações. “Até o Macron estava mais flexível em relação ao acordo. [Me falou:] ‘deixa acabar as eleições para a gente conversar”, disse.
Em fevereiro, em meio a protestos do setor agrícola, Macron garantiu que continuaria se opondo ao acordo, defendendo que a Europa deveria ter o poder de controlar a forma com a qual a produção agrícola do Brasil é realizada quanto à termos fitossanitários e ambientais para, somente assim, autorizar tais produtos a entrarem no seu mercado. “Nossos agricultores querem que as regras sejam as mesmas para todos. E isso é o bom senso”, declarou à época. “Eu mesmo não sei explicar que, enquanto nós mesmos colocamos regras de produção, importamos produtos que não respeitam essas regras”, argumentou.
Durante sua fala, Lula comentou ainda que consultou colegas europeus sobre o avanço da extrema-direita, incluindo o chanceler alemão, Olaf Scholz, e o próprio Macron. “Pedi para ele [Scholz] me explicar um pouco o que aconteceu nas eleições da Alemanha, que o [partido] FPD teve uma votação muito pequena, muito distante daquela que historicamente tem. Ele me explicou, eu ouvi e estou levando o ensinamento para casa. Da mesma forma, perguntei para o Macron o que aconteceu na eleição para o parlamento europeu. Ele me explicou, eu entendi e vou levar o ensinamento”, detalhou o brasileiro.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com