32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

Estados Unidos boicotam homenagem a presidente do Irã na ONU

sexta-feira, 31 de maio 2024

Os Estados Unidos (EUA) boicotaram uma homenagem da Organização das Nações Unidas (ONU) ao presidente iraniano Ebrahim Raisi, que morreu na queda de um helicóptero nas montanhas próximas à fronteira com o Azerbaijão no último dia 19. Os norte-americanos argumentaram que ele estava “envolvido em numerosas e horríveis violações dos direitos humanos” e que o órgão deveria, em vez disso, demonstrar apoio ao povo do Irã.
A Assembleia Geral da ONU tradicionalmente se reúne para homenagear quaisquer líderes mundiais quando estes morrem enquanto ocupam posição de chefe de Estado. A homenagem feita para Raisi durou 50 minutos e contou com discursos de países e grupos regionais. “Os Estados Unidos não participarão do evento de homenagem de hoje das Nações Unidas ao presidente Raisi em nenhuma função”, declarou o porta-voz da missão dos EUA nas Nações Unidas, Nate Evans.
“Raisi esteve envolvido em inúmeras e horríveis violações dos direitos humanos, incluindo a execução extrajudicial de milhares de prisioneiros políticos em 1988”, argumentou ele. “Algumas das piores violações de direitos humanos já registradas ocorreram durante seu mandato”, destacou.
A missão iraniana na ONU se recusou a comentar sobre o boicote dos Estados Unidos durante a homenagem. Em breve declaração, o secretário-geral da organização, Antonio Guterres, afirmou que Raisi liderou o Irã em um momento de desafios para o país, a região e o mundo de maneira geral. “As Nações Unidas são solidárias com o povo iraniano e com a busca pela paz, desenvolvimento e liberdades fundamentais”, garantiu Guterres.
Amir Saied, embaixador do Irã da ONU, declarou que o presidente falecido e o ministro de Relações Exteriores, Hossein Amirabdollahian, que perdeu a vida no mesmo acidente, “não eram apenas figuras de autoridade, mas também um símbolo de esperança, resiliência e o poder duradouro da boa governança e da diplomacia”. A eleição presidencial que definirá quem será o novo líder iraniano foi marcada para o próximo dia 28 de junho.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com