32 C°

sábado, 16 de outubro de 2021.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

Haitianos em desespero buscam entrar nos EUA

quinta-feira, 23 de setembro 2021

Enquanto os Estados Unidos se preparam para quase dobrar o volume de deportações em meio a um novo revés para o governo de Joe Biden, imigrantes haitianos entram em desespero ao serem forçados a voltar ao país mais pobre das Américas, envolto em múltiplas crises. No domingo (19) e na segunda-feira (20), centenas de migrantes foram expulsos do território americano em três voos para Porto Príncipe. Nesta terça (21), estavam programados mais quatro voos e, para os próximos dias, há a expectativa de até sete voos diários com destino à capital haitiana e a Cap-Haitien, a segunda maior cidade do país.

Parte dos haitianos expulsos protagonizou um cenário de pânico após desembarcar no aeroporto de Porto Príncipe. Um grupo de homens correu de volta em direção ao avião, e pelo menos um deles tentou voltar a bordo -obviamente, sem sucesso. Recém-chegados ao seu país de origem, esses grupos recebem uma pequena quantia em dinheiro, kits básicos de higiene, uma rápida avaliação médica e, então, são deixados à própria sorte.

“Atravessamos nove países. No caminho, vimos muitos mortos. Dormimos na selva. E agora, terminou”, disse Belton (nome fictício) à agência de notícias AFP, acompanhado da esposa e de um filho de 2 anos, em Porto Príncipe. A família suspira, sem ter a menor ideia do que fará para sobreviver. O governo do Haiti não tem “nem o costume nem a logística necessária” para lidar com o volume de migrantes, afirma o economista Etzer Emile. “Mas o pior é que não é prioritário para as autoridades. A prioridade é a divisão do bolo governamental para a próxima reorganização do gabinete de ministros”, diz, em referência ao premiê Ariel Henry.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com