32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

Herzog pede desculpas após ataque de Israel matar membros de ONG

quarta-feira, 03 de abril 2024

O presidente israelense, Isaac Herzog, pediu desculpas nesta terça-feira, 02, pelo ataque que tirou a vida de sete membros da Organização Não Governamental (ONG) World Central Kitchen (WCK). “O presidente Herzog expressou a sua profunda tristeza e sinceras desculpas”, comunicou a Presidência de Israel se referindo a um telefonema entre o representante do território e o chef americano-espanhol José Andrés, presidente da WCK.
De acordo com o texto, Israel tem um compromisso de “fornecer e melhorar a ajuda humanitária ao povo de Gaza”. Mesmo assim, o presidente do país que está em guerra com o grupo radical islâmico Hamas não forneceu maiores detalhes sobre como deve cumprir a promessa e reforçou a visão já manifestada pelo primeiro-ministro Benjamin Netanyahu de que a operação deve continuar para “conseguir a libertação imediata de todos os reféns detidos pelo Hamas”.
Antes disso, o Ministério de Relações Exteriores de Israel já havia garantido que as Forças de Defesa estavam fazendo de “tudo” para evitar que os civis fossem prejudicados. O próprio primeiro-ministro também comentou sobre o assunto, expressando que “isso acontece na guerra”. Segundo ele, a situação se trata de um “caso trágico no qual nossas forças atingiram involuntariamente pessoas inocentes na Faixa de Gaza”.
Os trabalhadores da ONG que distribui comida faleceram durante um bombardeio que aconteceu na segunda-feira, 01. A entidade afirmou em nota que o caso foi “uma tragédia” e detalhou que, entre os mortos, há cidadãos da Austrália, Polônia, Reino Unido, bem como um cidadão com dupla cidadania americana e canadense e um palestino. O primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, afirmou que conversou com Netanyahu por telefone e exigiu “uma investigação independente completa e transparente” sobre as mortes. Segundo o porta-voz do governo, o premiê “disse que muitos trabalhadores humanitários e civis comuns perderam a vida em Gaza e que a situação é cada vez mais intolerável”. Após o bombardeio, a WCK, que desde outubro participou de diversas operações de distribuição de refeições, decidiu suspender as operações na região.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com