32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

Inundações e deslizamentos de terra deixaram 181 mortos no Quênia

quinta-feira, 02 de maio 2024

Desde março, pelo menos 181 pessoas morreram no Quênia em decorrência de inundações e deslizamentos de terra. Outras centenas de pessoas foram obrigadas a deixar suas casas. Os números foram confirmados pelo governo do país e pela Cruz Vermelha. Em outras nações vizinhas, como Tanzânia e Burundi, também foram registrados dezenas de falecimentos.
As chuvas torrenciais e as inundações foram a causa da destruição de estradas, pontes e outras estruturas. A quantidade de mortes no Quênia já supera os óbitos provocados pelas enchentes relacionadas com o fenômeno El Niño no final do ano passado. Em Mai Mahiu, cidade localizada no centro do país, 48 cidadãos perderam a vida somente na última segunda-feira, 29.
Ontem, 01, o Papa Francisco se manifestou sobre a situação durante uma audiência-geral no Vaticano. “Desejo expressar ao povo do Quênia a minha proximidade espiritual neste momento, uma vez que graves inundações tiraram tragicamente a vida de muitos dos nossos irmãos e irmãs, feriram outros e causaram destruição generalizada”, lamentou o líder da igreja católica.
O governo dos Estados Unidos (EUA) também comentou o caso nesta quarta-feira e expressou suas condolências às famílias das vítimas. “Continuamos oferecendo o nosso apoio contínuo e resoluto a todos os que foram afetados e estamos monitorando de perto a situação”, disse a porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com