32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

Japão responde comentário de Joe Biden sobre o país ser “xenófobo”

quarta-feira, 08 de maio 2024

O principal porta-voz do governo japonês respondeu, nesta terça-feira, 07, ao presidente norte-americano Joe Biden sobre os comentários envolvendo acusações de xenofobia feitas por ele cerca de uma semana atrás. Na última quarta-feira, 01, Biden afirmou que o motivo por trás da estagnação econômica de países como China, Índia, Japão e Rússia seria a xenofobia. “Fizemos representação aos Estados Unidos (EUA) de que o comentário não se baseava no entendimento correto da política do Japão e que era lamentável”, pontuou Yoshimasa Hayashi em entrevista coletiva.
O representante japonês também ressaltou que os laços entre seu país e os Estados Unidos continuavam mais sólidos do que nunca e que o governo irá se esforçar para que o relacionamento se torne ainda melhor. Em abril, o primeiro-ministro do Japão, Fumio Kishida, esteve em Washington para uma reunião de cúpula com Biden. No episódio, foi revelado que há planos entre as duas nações para fortalecer a cooperação militar e projetos relacionados com ideias que vão desde mísseis até pousos na lua como meio de combater a China e a Rússia.
A fala polêmica do presidente dos EUA foi proferida em um evento para arrecadar fundos para sua campanha de reeleição em 2024. Os comentários foram feitos também em um contexto de forte pressão política interna que está sendo imposta ao democrata por razão de suas próprias políticas de imigração, uma vez que há uma situação de escassez de recursos para lidar com um fluxo de imigrantes no país e estão ocorrendo duras críticas por parte dos republicanos.
O Japão apresenta um posicionamento controverso em relação a imigração, mesmo diante de uma taxa de natalidade em queda. O premiê do país, inclusive, já foi questionado durante entrevista sobre a possibilidade de estimular a imigração como ferramenta para reverter o declínio populacional. Kishida respondeu que “gostaríamos de possibilitar a vinda de trabalhadores altamente capacitados e motivados ao Japão para dar apoio à sociedade japonesa”, mas lembrou que “ainda há alguns na sociedade japonesa que são resistentes à ideia de imigração contínua e indefinida de mão de obra do exterior”.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com