32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

Olimpíadas: sindicatos convocam greve nos aeroportos de Paris

terça-feira, 09 de julho 2024

Os sindicatos dos aeroportos da capital francesa anunciaram, nesta segunda-feira, 08, que será convocado um movimento grevista para a semana que antecederá o início das Olimpíadas de Paris para exigir um bônus a ser concedido a todos os funcionários. O movimento deverá ter início no próximo dia 17 de julho, nove dias antes do início da competição internacional. De acordo com as entidades participantes, o protesto é uma forma de denunciar “decisões unilaterais da administração executiva de pagar uma bonificação a apenas parte do pessoal”.

Os sindicatos do grupo estatal ADP, que é responsável pela gestão dos principais aeroportos da cidade que sediará os Jogos, já haviam convocado uma greve para o último dia 19 de maio. No entanto, não foram registradas grandes perturbações nesse sentido. O Charles de Gaulle e o Orly, ambos aeroportos parisienses, representam a principal porta de entrada para os visitantes estrangeiros que devem desembarcar em solo francês para acompanhar as olimpíadas. É esperado que haja um fluxo diário de 350 mil pessoas, além dos atletas e suas equipes.

A expectativa das autoridades do país é que os atletas olímpicos comecem a chegar na cidade a partir do dia 18 de julho, quando a Vila Olímpica será inaugurada. No aeroporto Charles de Gaulle, foi montado um terminal temporário para bagagens especiais, que incluem equipamentos como caiaques, bicicletas e bastões, por exemplo.
É importante lembrar ainda, que os sindicatos de funcionários públicos de todo o país pediram que houvesse pagamentos extras que ajudassem a compensar os dias de trabalho durante o período dos Jogos Olímpicos, que acontecerão entre 26 de julho e 11 de agosto, o que coincide com a época de férias na França.

Antes do anúncio do movimento, o grupo ADP já havia informado sobre algumas medidas que buscavam estimular os trabalhadores a continuarem exercendo suas atividades durante o período das competições. Entre elas, há bônus de 70 a 100 euros por dia aos 1.500 funcionários da sede, bem como o reforço de voluntários nos terminais. Além disso, foram prometidos dias de folga adicionais para todos aqueles que concordassem em tirar férias fora do período de realização das Olimpíadas.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com