32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

ONU: violência de gangues no Haiti já deixou mais de 1.500 mortos

sexta-feira, 29 de março 2024

O escritório de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), informou nesta quinta-feira, 28, que a violência de gangues no Haiti já matou mais de 1.500 pessoas somente neste ano e outras dezenas foram linchadas pelas brigadas de autodefesa. Nas últimas semanas, o cenário de violência no país caribenho se intensificou devido a ataques de grupos fortemente armados que chegaram, por exemplo, a invadir delegacias e o aeroporto internacional.
O primeiro-ministro do país, Ariel Henry, anunciou a renúncia ao cargo no último dia 11 de março. “Todas essas práticas são ultrajantes e têm que parar imediatamente”, pediu o alto comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Volker Turk, em uma declaração que foi divulgada em conjunto com o relatório que forneceu maiores detalhes sobre a crise considerada “cataclísmica” vivenciada pelos haitianos.
Conforme as informações divulgadas, no ano passado, o país teve 4.451 assassinatos e, neste ano, até março, foram 1.554 mortes desse tipo em meio às tensões. O documento ressalta que as pessoas perderam a vida dentro de suas casas por supostamente estarem apoiando a polícia ou gangues rivais, ou ainda, nas ruas devido ao fogo cruzado ou atiradores de elite. Um dos casos citados foi o da morte de um bebê de três meses. Segundo o relatório, outras 528 pessoas suspeitas de terem relação com gangues foram linchadas no ano passado e mais 59 neste ano pelas brigadas armadas que têm a intenção de preencher a lacuna de segurança deixada pela polícia.

Crise
No dia 03 de março, o Haiti entrou em estado de emergência depois que a Penitenciária Nacional de Porto Príncipe foi atacada no dia anterior. No episódio, pelo menos dez pessoas morreram e diversos detentos fugiram. A capital haitiana ficou sob um toque de recolher noturno em uma tentativa das autoridades do país de “restabelecer a ordem e tomar as medidas apropriadas para recuperar o controle da situação”.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com