32 C°

sábado, 16 de outubro de 2021.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

Papa fala em portas abertas para refugiados e condena individualismo

terça-feira, 14 de setembro 2021

Em visita oficial à Eslováquia, o papa Francisco criticou, nesta segunda-feira (13), o individualismo e o egoísmo da sociedade, deixando claro o apoio da Igreja Católica ao recebimento de imigrantes em países europeus. Mensagem semelhante já havia sido expressa no domingo (12), quando o pontífice visitou Budapeste, capital da Hungria.

O papa também dirigiu um apelo aos líderes para que façam de um pacote trilionário elaborado pela União Europeia para a retomada da economia do bloco pós-pandemia uma oportunidade de intensificar a distribuição de renda no continente.

“Nessas terras, até poucas décadas atrás, um único sistema de pensamento [comunismo] sufocava a liberdade. Hoje, outro sistema de pensamento único está esvaziando a liberdade de significado, reduzindo o progresso ao lucro e os direitos apenas às necessidades individuais”, disse. A Eslováquia –onde 65% da população se diz católica– era parte da Tchecoslováquia durante a era comunista, mas tornou-se independente em 1993, quando o regime já havia caído.

Desde então, a economia eslovaca, como a de outros países do leste europeu, cresceu, mas a integração dessas nações à União Europeia coincidiu com uma reação nacionalista contra o aumento da imigração ilegal, muitas vezes envolvendo muçulmanos do Oriente Médio e de países como o Afeganistão.

Francisco se referiu à história local como uma “mensagem de paz”, destacando o nascimento “sem conflitos” de dois países independentes há 28 anos: a República Tcheca e a Eslováquia.

“Que este país reafirme sua mensagem de integração e de paz, e que a Europa se distinga por uma solidariedade que, atravessando as fronteiras, possa levá-la de volta ao centro da história”, pediu.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com