32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

Pepe Mujica: ex-presidente do Uruguai revela ter tumor no esôfago

terça-feira, 30 de abril 2024

O ex-presidente do Uruguai, Pepe Mujica, revelou nesta segunda-feira, 29, ter sido diagnosticado com um tumor no esôfago. De acordo com ele, o problema foi descoberto no fim da semana passada, durante um check-up. “É duplamente complexo no meu caso porque padeço de uma doença imunológica há mais de 20 anos que me afetou, entre outras coisas, os rins, o que cria óbvias dificuldades para quimioterapia e cirurgia. Tudo isso está sendo avaliado”, explicou à repórteres.
Mujica, de 88 anos, esteve à frente do Uruguai entre 2010 e 2015 e faz parte do partido esquerdista Frente Ampla. Em coletiva de imprensa, o ex-chefe de Estado garantiu que continuará militando ao lado de seus aliados enquanto aguentar manter-se em atividade. “Vou continuar militando com meus companheiros, fiel à minha maneira de pensar e entretido com meus legumes, com minhas galinhas”, disse.
“Na minha vida, mais de uma vez o ceifador esteve rondando a cama, mas ele continuou a me pastorear. Desta vez me parece que ele vem com a foice em punho e veremos o que acontece”, afirmou o político. Antes de ingressar na política institucional, Mujica foi membro do Movimento de Libertação Nacional-Tupamaros e atuou em operações de guerrilha que eram contrárias à ditadura que governava o Uruguai na época. Por tal motivo, ele foi detido diversas vezes e chegou a ser torturado. Ao todo, o uruguaio passou 15 anos de sua vida na prisão.
Mesmo diante de resistências em decorrência de seu passado como guerrilheiro, o político alcançou significativa projeção internacional e nacional. Em 2020, renunciou seu lugar no Senado devido à pandemia de coronavírus, uma vez que sua idade e a doença autoimune que possui o faziam correr riscos naquele contexto. Para ele, “ser um senador significa falar com pessoas e ir a todos os lugares”, e “o jogo não é jogado nos escritórios”.
O ex-presidente também aproveitou o momento com a imprensa para enviar uma mensagem ao povo uruguaio. “Quero transmitir para as meninas e meninos do nosso país que a vida é linda (…) não tem sentido que a sacrifiquem por estupidezes”, aconselhou, ressaltando ainda que o sentimento de raiva deve ser transformado em esperança e que é preciso “voltar a começar cada vez que se cai”.
O político não soube dar mais detalhes sobre seu estado de saúde e disse não ter informações sobre como se dará o tratamento do tumor. “Não sou médico, não tenho ideia do que vão fazer. De medicina não me perguntem nada”, pontuou.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com