32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

Rishi Sunak anuncia eleição geral para o Reino Unido em julho

quinta-feira, 23 de maio 2024

O primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, anunciou nesta quarta-feira, 22, que o país deverá ir às urnas para eleger um novo Parlamento no próximo mês de julho. “Chegou o momento de o Reino Unido escolher o seu futuro. De decidir se quer aproveitar os progressos alcançados ou arriscar-se a voltar à estaca zero, sem um plano e sem certezas”, pontuou Sunak, que irá se recandidatar ao cargo.
No discurso, o premiê lembrou que, desde a última eleição, o país passou pelo período mais desafiador desde a Segunda Guerra Mundial, ressaltando principalmente o impacto da pandemia de covid-19 e a “volta da guerra à Europa, quando Vladimir Putin invadiu a Ucrânia”, o que afetou o setor de energia. “É tão fácil para tantos esquecerem o que tivemos de enfrentar”, disse.
Sunak defendeu que a estabilidade econômica, para qual, segundo ele próprio, foi convocado com a missão de restaurar, é a “fundação de todo o sucesso”. Incluindo para que seja possível incrementar salários e bons empregos e para investir em serviços públicos e na defesa do território. “Nunca deixei e nunca deixarei as pessoas sozinhas para enfrentar os seus dias mais difíceis”, prometeu o primeiro-ministro, garantindo que iria fazer tudo para que a população disponha da proteção “mais forte possível”.
A notícia chegou como uma surpresa à população, uma vez que o premiê poderia escolher qualquer data até o final do ano. O Partido Trabalhista, que representa a oposição, aparece na frente em todas as pesquisas de intenção de voto, o que indica que há uma grande possibilidade de que vença o pleito.
Em média, 44% dos eleitores afirmam ter intenção de votar nos trabalhistas, que são liderados por Sir Keir Starmer. Somente 23% manifestaram vontade de escolher o Partido Conservador, do qual faz parte o atual primeiro-ministro. No Reino Unido, o partido que conseguir somar o maior número de deputados na Casa dos Comuns, a Câmara Baixa do Parlamento, poderá indicar o futuro líder do país.
De acordo com as informações divulgadas, assuntos como o estado da economia e questões envolvendo a imigração e a segurança nacional em um momento no qual a Europa enfrenta as instabilidades da guerra, bem como a deterioração dos sistemas públicos de saúde e educação estão entre os temas prioritários para os eleitores britânicos.
A decisão de Sunak de convocar as eleições para o dia 4 de julho foi divulgada no mesmo dia em que foi confirmado que a inflação no Reino Unido voltou ao patamar de 2,3% em abril, o que representa a menor taxa em três anos. “Dominamos a inflação, controlamos a dívida, baixamos os impostos aos trabalhadores e aumentamos as pensões estatais em 900 libras”, destacou o premiê conservador.
Os conservadores estão no poder desde 2010 e, nesse período, contaram com cinco diferentes premiês. Assim como sua antecessora, Liz Truss, Rishi Sunak assumiu o cargo sem passar pelo período eleitoral, uma vez que o sistema adotado no território britânico permite que o partido que conta com a maior parte do Parlamento indique quem deverá assumir o posto.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com