32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Mundo

“Todo dia e toda noite há esse terror”, diz Zelenskiy após ataque em Kiev

sexta-feira, 22 de março 2024

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, comentou através da plataforma de mensagens Telegram sobre os ataques vivenciados pela população de Kiev nesta quinta-feira, 17. Conforme as informações divulgadas pela mídia internacional, esta foi a maior operação realizada com mísseis russos na capital ucraniana e regiões próximas em semanas. “Todo dia e toda noite há esse terror. A união do mundo pode barrar isso quando nos ajuda com sistemas de defesa aérea. Agora precisamos dessa defesa aqui na Ucrânia”, defendeu o chefe de Estado do país.
Pelo menos 17 pessoas ficaram feridas no episódio. Escolas, prédios residenciais e instalações industriais foram danificadas, segundo informações de autoridades. A Força Aérea confirmou que abateu todos os mísseis que foram disparados após 44 dias de pausa nos ataques a Kiev. Portanto, os prejuízos relatados parecem estar relacionados com a queda de detritos. Representantes municipais detalharam que uma criança de 11 anos estava entre as vítimas feridas que foram levadas para o hospital.
Na última semana, o presidente russo, Vladimir Putin, acusou a Ucrânia de realizar ataques com o objetivo de prejudicar o andamento das eleições presidenciais da Rússia, que, mesmo em meio a contestações de outras nações, garantiram a Putin um novo mandato de seis anos na liderança do país. Na ocasião, o chefe do Kremlin disse que o território vizinho, com quem está em guerra desde fevereiro de 2022, iria ser punido pela suposta ação.
Desde o início do conflito, milhares de mísseis foram lançados contra cidades e vilarejos na Ucrânia, o que ocasionou a morte de muitos civis. Segundo militares do país de Zelenskiy, em dois anos, o número de mísseis lançados pelos russos ultrapassou os 8 mil. Na capital, as sirenes que alertam a população sobre a necessidade de procurar abrigo para proteção soaram mais de 1.020 no mesmo período. Na manhã de quinta-feira, a cidade permaneceu em alerta por quase três horas.
A chefe da política de sanções da Agência Nacional de Prevenção da Corrupção, Agiya Zagrebelska, afirmou à mídia internacional que a Rússia gastou 390 milhões de dólares no mais recente ataque contra a capital da Ucrânia.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com