32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Nacional

Após as fortes chuvas, barragem 14 de Julho entra em colapso no Rio Grande do Sul

quinta-feira, 02 de maio 2024

Nesta quinta (2) o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, informou que a barragem 14 de Julho, no município de Cotiporã, no interior do estado, rompeu por conta das fortes chuvas que atingem o estado. Por meio de suas redes sociais, o prefeito de Bento Gonçalves, Diogo Segabinazzi Siqueira, a também confirmou a informação.

Foto: Reprodução

Conforme o prefeito, Diogo Segabinazzi,  a população deve deixar suas casas o mais rápido possível, pois a expectativa é que o rio suba de 2 a 4 metros a partir do colapso da barragem.

“Recebemos agora a informação da Ceran, que controla as barragens, que a barragem de 14 de Julho acabou de colapsar. A informação que a gente precisa passar para todos os moradores que vivem às margens do Rio das Antas e Rio do Taquari, é sair o mais rápido possível desse local. A tendência é que isso suba em torno de 2 a 4 m. Essa é a tendência que aconteça nos próximos minutos e nas próximas horas nos municípios mais abaixo, lá no Taquari. Importante: Isso é uma informação oficial e a gente precisa informar o máximo de pessoas possível dentro da margem do Rio das Antas e do Rio Taquari.” diz o prefeito.

A Companhia Energética Rio das Antas (Ceran), informou por meio de nota que detectou às 13h40, do dia 2 de maio, o rompimento parcial do trecho direito da barragem da usina 14 de Julho, por conta do contínuo aumento da vazão do Rio das Antas e das fortes chuvas que atingem o estado do Rio Grande do Sul desde terça-feira (30). A Defesa Civil foi comunicada do ocorrido para tomadas de ações adicionais.

“O Plano de Ação de Emergência foi colocado em prática no dia 1 de maio, às 13h50, em coordenação com as Defesas Civis da região, com acionamento de sirenes de evacuação da área, para que a população local pudesse ser retirada com antecedência e em segurança. As barragens de Monte Claro e Castro Alves encontram-se em estado de atenção e seguem sendo monitoradas.”

“A Ceran segue em contato com as autoridades competentes e ressalta o cuidado com as pessoas. A empresa pede a todos que se informem através dos seus meios de comunicação oficiais.”

Mais conteúdo sobre:

barragem Barragem 14 de Julho Fortes chuvas Rio Grande do Sul

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com