32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Nacional

“Aquieta o facho”, diz promotor de justiça a vítima de violência doméstica 

sábado, 08 de junho 2024

Um promotor de Justiça, identificado como Luiz Antônio de Souza Silva foi denunciado por violência institucional após dizer para uma mulher “aquietar o facho” e voltar com companheiro que a violentava. A denúncia foi feita pelo Programa de Pesquisa e Extensão Fordan da Universidade Federal do Espírito Santo ao Conselho Nacional do Ministério Público e ao Conselho Nacional de Direitos Humanos.

Alessandra Souza Silva, esteticista de 41 anos, afirmou que se sentiu humilhada com a fala do promotor durante a audiência em Vitória, no Espirito Santo. Segundo ela, as falas foram ditas durante audiência presencial na Vara de Família de Vitória, no dia 20 de março deste ano e que deveria aceitar o relacionamento.

“Ele falou assim: ‘você tem um monte de filho, sossega o facho’”, disse Alessandra sobre a sessão. Ela ainda afirma que se sentiu desamparada. “A gente vai pedir apoio e ser rebaixada, aí não tem como, constrangimento demais”.

Segundo a denúncia, um áudio gravado durante a audiência mostra o promotor fazendo comentários sobre a quantidade de filhos que Alessandra tem. “Gente, agora eu vou falar assim, vocês têm cinco filhos juntos, hein doutora? Vocês deveriam aquietar o facho e ficar o resto da vida juntos, né?”.

A mulher contou que morou com o ex-marido por 20 anos e que foi agredida diversas vezes, tendo diversas medidas protetivas contra ele. Alessandra tem sete filhos, sendo cinco com o ex-companheiro.

O promotor disse, através de nota, que não vai comentar o caso, por tratar-se de audiência corrida em segredo de justiça. Luiz Antônio ainda disse, através de nota, que o aflige pensar que a sua situação possa ter “gerado eventual desconforto, certamente advindo de algum ruído de comunicação, que poderia ter esclarecido a respeito, instantaneamente”.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com