32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Nacional

Chuva no Espírito Santo deixa mortos e mais de 5 mil desalojados

segunda-feira, 25 de março 2024

A chuva que atingiu o sul do Espírito Santo desde a noite de sexta-feira (22) deixou 16 mortos, 5.481 desalojados e 255 desabrigados. As informações são do último boletim da Defesa Civil, divulgado nesse domingo (24). Das mortes, 14 ocorreram em Mimoso do Sul e duas em Apiacá. Há desalojados em Vargem Alta (1.000), Guaçuí (200), Bom Jesus do Norte (3.000), Apiacá (1.000) e Cachoeiro de Itapemirim (281).
Apiacá é a cidade que concentra a maior parte dos desabrigados em decorrência da chuva. São 179. Em seguida, está Bom Jesus do Norte, com 64. Mimoso do Sul, município mais atingido pela tragédia, tem 12 desabrigados.
O risco de deslizamentos de terra e quedas de barreira é muito alto em Bom Jesus do Norte e alto em Mimoso do Sul, Muniz Freire, Guaçuí, Alegre, Vargem Alta, Jerônimo Monteiro, Linhares, Rio Novo do Sul e Presidente Kennedy. Há também o risco hidrológico, com destaque para as bacias dos rios Pomba e Muriaé, e as partes baixas das bacias dos rios Itapemirim e Itabapoana.
No sábado (23), o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, decretou situação de emergência em 13 municípios devido à chuva que atingiu a região sul capixaba. O decreto foi publicado em edição extra do Diário Oficial do Estado e vale para Alegre, Alfredo Chaves, Apiacá, Atílio Vivacqua, Bom Jesus do Norte, Guaçuí, Jerônimo Monteiro, Mimoso do Sul, Muniz Freire, Muqui, Rio Novo do Sul, São José do Calçado e Vargem Alta.
“A prioridade nesse momento é proteger as pessoas, tirá-las de terraço de casa de local onde está correndo risco para que elas estejam em local seguro. Ao mesmo tempo, estamos deslocando cestas básicas e colchões para a região sul”, disse Renato Casagrande. Os dados estão atualizados até o fechamento desta edição.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com