32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Nacional

Direito nas escolas, Defensoria conscientiza alunos e professores

quarta-feira, 27 de março 2024

A ideia é capacitar líderes estudantis sobre direitos para que eles sejam multiplicadores das informações. O projeto Minha Escola Ensina Direitos é uma parceria da Defensoria Pública do Ceará (DPCE) e do Governo do Estado do Ceará.
No projeto Minha Escola Ensina Direitos, defensoras e defensores ministram palestras de educação em direitos para turmas de até vinte alunos. A cada mês, um tema será abordado. Ao todo, 14 escolas das três cidades serão contempladas ao longo do ano. Temas como bullying, direitos da infância, violência doméstica, direitos humanos e segurança pública, além de cidadania, serão abordados e debatidos.
“Entendemos que as escolas são pontos estratégicos para fazermos com que campanhas de interesse público se disseminem. Assim, na sociedade da informação que vivemos, onde se espalham muito e rapidamente diversos conteúdos, precisamos ter um momento de alinhar essas informações com os jovens para transformar isso em conhecimento. É a transformação da informação em algo que possa ser útil e significativo na sua formação cidadã. Enxergamos esses jovens como multiplicadores de direitos, porque eles vão levar esse conhecimento pra dentro de casa, pros vizinhos, pro seio de famílias que, muitas vezes, sequer sabem que têm certos direitos. É um trabalho de base”, afirma a defensora geral Sâmia Farias.
Cinco escolas da capital e cinco de Maranguape serão contempladas. Já Itapipoca terá o programa em quatro unidades de ensino. Em cada uma delas, 20 alunos participarão das formações. “São garotas e garotos já identificadas como lideranças escolares. São uma espécie de influencers dentro daquele universo e vão nos ajudar a promover a educação em direitos, que é uma premissa da Defensoria”, pontua a coordenadora das Defensorias do Interior, Renata Peixoto.
Nove temas serão tratados nos encontros com os/as defensores/as. São eles: atuação da Defensoria; bullying e cyberbullying; abuso sexual; direitos da infância e trabalho infantil; violência de gênero; saúde mental e suicídio; direitos humanos: racismo, xenofobia, homofobia e transfobia e violações contra pessoas com deficiência; direito à defesa: segurança pública e cidadania; e direitos do consumidor: golpes e alertas.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com