32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Nacional

Entidade critica “carta branca para matar” das polícias do RJ, de SP e da BA

quinta-feira, 25 de abril 2024

A Anistia Internacional divulgou nessa quarta-feira (24) o relatório global “O Estado Dos Direitos Humanos no Mundo”, no qual aponta a letalidade das polícias no Brasil. No documento, a entidade critica “uso excessivo e desnecessário da força” pelas polícias do Rio de Janeiro e mostra preocupação com a atuação policial em São Paulo, onde as operações Escudo e Verão deixaram dezenas de mortos na Baixada Santista, e na Bahia, onde ações da polícia mataram mais de 50 pessoas em setembro de 2023.
O relatório avalia a política de direitos humanos em mais de 30 países. No Brasil, a entidade calcula que pelo menos 394 pessoas foram mortas em operações policiais nesses três estados de julho a setembro de 2023. “O recado que o Estado reitera é de que a polícia tem carta branca para matar e cometer outras violações, sobretudo contra comunidades negras e periféricas”, disse Jurema Werneck, diretora executiva da Anistia no Brasil.
O governo Cláudio Castro (PL) disse que dados do Instituto de Segurança Pública apontam redução de 45% nas mortes por intervenção de agentes policiais em 2024 no Estado do Rio, na comparação com 2023. O governo Tarcísio de Freitas (Republicanos) afirmou que as mortes das operações Escudo e Verão “decorreram de confrontos com criminosos, que têm reagido de forma violenta ao trabalho policial”. O Governo da Bahia não retornou o contato até o fechamento desta edição.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com