32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Nacional

Justiça determina que filho de Lula deixe apartamento e mantenha distância da ex

quarta-feira, 03 de abril 2024

Após a denúncia de violência doméstica feita pela médica Natália Schincariol, o Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que o filho caçula do presidente Lula, Luís Cláudio Lula da Silva, deixe o apartamento onde vive com a ex-companheira e que mantenha uma distância mínima de 200 metros dela.

Foto: Reprodução/Instagram

Segundo a médica, ela foi agredida com uma cotovelada em janeiro deste ano, durante uma briga entre os dois. No Boletim de Ocorrência (B.O) registrado na Delegacia da Mulher de São Paulo na última terça (2), Natália também afirma estar sofrendo agressões psicológicas e verbais, como ofensas e ameaças e por isso o motivo de não ter denunciado antes, pois ele estaria usando a influência do pai para intimidá-la.

Por meio de nota publicada nas redes sociais, a defesa de Natália apontou que a cliente teria sido vítima de “uma série de adversidades que culminaram em agressões das mais variadas formas”.

A defesa de Luís Cláudio negou as acusações feitas por Natália e as classificou como “fantasiosas” e enquadráveis nos crimes de calúnia, injúria, difamação, além de danos morais. Os advogados também afirmaram que tomarão as medidas legais pertinentes frente à denúncia de Natália.

Determinações da Justiça

  • O acusado deverá se manter a pelo menos 200 metros de distância de Natália;
  • Não poderá frequentar locais de trabalho, estudo ou culto religioso da denunciante;
  • Está proibido de entrar em contato com Natália por qualquer meio, seja telefônico, mensagens e redes sociais;
  • Deverá sair do local onde mora com a médica, podendo apenas retirar pertences e documentos pessoais.

Mais conteúdo sobre:

Filho do Lula Tribunal de Justiça de São Paulo violência contra a mulher Violência Doméstica

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com