32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Nacional

Pacientes com doença pulmonar recorrem à Justiça para conseguir medicamento

terça-feira, 07 de maio 2024

A hipertensão arterial pulmonar (HAP) é uma doença sem cura que atinge cerca de 100 mil brasileiros, sendo a maioria com diagnóstico tardio. Sem o tratamento adequado, de acordo com a Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, a média de sobrevida dos pacientes com o quadro é de apenas 2,8 anos.
Entre as terapias disponíveis, estão as drogas sildenafila (conhecida como Viagra) e ambrisentana, mas há alguns anos um novo medicamento de alto custo, o selexipag (Uptravi, fabricado pela Janssen, braço farmacológico da Johnson & Johson) tem demonstrado resultados mais adequados. Apesar de ter sido incorporado pela Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (SUS) no ano passado e constar no Protocolo Clínico e Diretriz Terapêutica (PCDT) do Ministério da Saúde para HAP, a droga ainda não é disponibilizada no serviço público.
A estudante de pedagogia Beatriz Martins de Lima, de 23 anos, costumava desmaiar com frequência aos 15 anos e sentia falta de ar, mas sempre teve o quadro associado a doenças como asma ou bronquite. Aos 17 anos, ela recebeu o diagnóstico de HAP, da qual nunca tinha ouvido falar. “As medicações disponíveis já não faziam o efeito esperado, mas para obter o tratamento foi uma jornada muito complicada e burocrática. Depois de longos meses, consegui ganhar na Justiça e passei a ter esperança de uma vida melhor”, diz.
A Associação Brasileira de Apoio à Família com Hipertensão Arterial Pulmonar e Doenças Correlatas afirma que a conquista demorou nove anos, mas que até hoje muitos pacientes ainda aguardam tratamento. Em nota, o Ministério da Saúde disse que publicou, em 2023, o PCDT de hipertensão pulmonar, que recomenda o uso de medicamentos como nifedipino, anlodipino, sildenafila, iloprosta, ambrisentana e bosentana, todos disponíveis no SUS.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com