32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Opinião

Dentro do nosso silêncio

segunda-feira, 25 de março 2024

Dentro do Nosso Silêncio, da carioca radicada pernambucana Karine Asth, é um livro envolvente que conta a história de um jovem casal, Ana e Samuel, que decide engravidar. Mas nem tudo corre como o desejado e Ana experimenta uma série de frustrações e decepções que abalarão seu casamento.
“Percebo que não usa aliança (…) no lugar delas, ganhamos uma marca em um tom a menos que nossas peles. Nosso silêncio me é estranho, apesar da frequência com que ocorreu nos últimos tempos, é outro tipo de silêncio, o que diz haver uma coragem das duas partes de deixar isso acontecer. Uma palavra e tudo poderia ser diferente.”
Sim. Uma palavra é capaz de mudar tudo. De uma amizade a um namoro. De um deflagrar da guerra ao selar da paz. Da construção de uma realidade ao destruir de um sonho. A palavra tem um poder imenso.
Ana é uma jovem mulher que perdeu a mãe ainda criança, sendo criada com muito amor pelo pai e contando sempre com a proteção da irmã mais velha. Apaixonada por culinária, mantém um blog sobre o assunto e trabalha em uma editora. Ao casar-se com Samuel, um engenheiro em plena ascensão. Os dois vivem felizes, compartilhando sonhos, conquistas e sem maiores cobranças, até o momento em que decidem engravidar.
“Mas o meu desejo de ser mãe tinha muito mais a ver com poder oferecer a outra pessoa o que, na maior parte da minha vida, eu não tive.”
A autora traz o leitor para os dramas vivenciados por Ana, o mesmo de tantas mulheres que sonham em engravidar, sem sucesso: as cobranças da família, da sociedade e de si própria; as repercussões no casamento e mesmo no amor. Será que o amor resiste a tudo?
A quarta capa, de autoria do professor de escrita literária, Assis Brasil, atesta: “uma novela que trata de um tema atual e controverso, envolvendo um tabu social. Refiro-me à maternidade e à paternidade como um inesperado problema, o qual, a propósito, as pessoas fazem o possível para esconder, inclusive de si próprias. (…) estamos perante uma obra literária madura em todos os sentidos e que merece esse título.”
Não darei spoiler. Tudo o que posso dizer é que o leitor poderá ouvir os gritos de desespero de Ana e de Samuel em seus silêncios, e seguirá ávido pelo desfecho do enredo. Por outro lado, pensaremos nós quantos silêncios carregamos conosco, alguns, podendo ser ouvidos. Outros, jamais. Apenas contidos.
Parabéns à autora Karine Asth, pelo lindo livro, merecidamente ganhador do Jabuti.

GRECIANNY CORDEIRO
PROMOTORA
DE JUSTIÇA

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com