32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Opinião

Dia do Autismo: Descubra os sinais precoces

sexta-feira, 29 de março 2024

O Dia Mundial do Autismo é celebrado anualmente em 2 de abril. Esta data foi criada pela Organização das Nações Unidas para promover a conscientização acerca do tema. Alguns sinais de autismo podem passar despercebidos. Por este motivo, é importante estar atento às características do bebê.
Precisamos compreender que o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) afeta a área motora, cognitiva e social. É fundamental ressaltar que os sinais de autismo são individuais. Mas existem alguns padrões pré-definidos que podem ser observados pelos pais desde o nascimento.
Ainda que a criança tenha seu próprio ritmo de desenvolvimento, há parâmetros universais sobre as habilidades que os bebês e crianças devem adquirir em cada fase da vida. Dessa forma, a procura por um pediatra ou neuropediatra deve ocorrer quando atrasos aparecem de forma significativa.
Ressaltando que em crianças com menos de 12 meses os sintomas podem ser confundidos com a personalidade do bebê. Por exemplo, quando a criança é muito calma.
Em casos assim, o olhar dos pais deve ser mais atento caso perceba alguns sinais como desatenção à voz do adulto; não balbucia; o olhar não procura a mãe quando ela se afasta; falta de contato visual com a mãe no momento da amamentação e não responde com imitação ações como sorrir ou mostrar a língua.
Já os sinais de autismo até os 16 meses são, por exemplo, não dar “tchauzinho” com as mãos; ausência da fala ainda persiste; dificuldade de demonstrar desejo sobre algo; não procura com o olhar; não gosta de ser tocado e locomoção atípica, como andar nas pontas dos pés.
Ao perceberem alguns sinais precoces, os pais devem procurar ajuda de um profissional, sendo este um pediatra ou neurologista infantil. Assim, será possível acompanhar e realizar um diagnóstico mais preciso.
Quanto mais rápido se iniciar o tratamento, melhor será o desenvolvimento cognitivo e social da criança. Dessa forma, é fundamental procurar um médico mesmo que seja por uma pequena desconfiança.

LUCIANA BRITES
PSICOPEDAGOGA E
CO-FUNDADORA DO
INSTITUTO NEUROSABER

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com