32 C°

segunda-feira, 16 de maio de 2022.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Opinião

Turismo e covid

quinta-feira, 20 de janeiro 2022

O setor de turismo fechou novembro do ano passado com faturamento de R$ 14,7 bilhões, 19,3% superior ao registrado no mesmo mês de 2020, mas 15,5% inferior a novembro de 2019, no período pré-pandemia. Essa foi a oitava elevação mensal seguida do faturamento do setor.

Os dados, divulgados ontem (19), são da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). O destaque do mês foi o transporte aéreo, que superou em 63,3% o faturamento de novembro do ano anterior. Apesar disso, o faturamento do mês, de R$ 4,3 bilhões, ainda está 19% abaixo quando comparado a 2019. O grupo hotéis, pousadas e restaurantes também se destacou. No penúltimo mês do ano, o faturamento do grupo foi de R$ 4,4 bilhões – alta anual de 13,1%, porém, ainda 16,8% inferior ao nível anterior à pandemia.

Apesar dos bons resultados apresentados em novembro, os próximos meses ainda deverão ser incertezas para o turismo nacional. Com a chegada da variante Ômicron, o cenário se transformou e os números de dois meses atrás não refletem o impacto da nova onda de covid-19 em 2022. De fato, o volume de reservas e as manifestações de intenção de viagens se concretizaram em negócios, e isso animou os empresários do setor. É bem possível que os resultados de dezembro sejam também bastante positivos, e a mudança de cenário se dê, infelizmente, nos números de janeiro, por causa da variante Ômicron no país. Até lá, convém que as pessoas continuem se vacinando, a fim de que a situação se normalize o quanto antes.

EDITORIAL

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com