32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Cenário da disputa eleitoral em Fortaleza está quase definido

terça-feira, 23 de abril 2024

O cenário da eleição deste ano para a Prefeitura de Fortaleza está quase definido. Depois da decisão do Partido dos Trabalhadores (PT) do último domingo (21), escolhendo o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará (Alece), Evandro Leitão, a disputa tem até agora sete pré-candidaturas, representando os mais variados campos políticos. Entretanto, a disputa deve se afunilar ainda mais, ficando apenas seis pré-candidatos, após a resolução do impasse na Federação entre a Rede Sustentabilidade e o Partido Socialismo e Liberdade (Psol).

Pelo calendário eleitoral, os partidos devem definir os candidatos que irão pleitear cargos nestas eleições e oficializar as chapas até o final das convenções partidárias, que vão de 20 de julho a 5 de agosto. Com as cabeças de chapas quase todas definidas, restam ainda as definições quanto à candidatura de vice em cada uma delas.
Comandando a atual gestão da cidade pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), o prefeito José Sarto, mesmo evitando entrar no debate eleitoral, deverá ser candidato à reeleição, conforme relatam seus aliados. Sarto reúne uma base de partidos aliados em Fortaleza que envolve PDT, Cidadania, PSDB, Avante, PMB, PMN, PRD, DC e Agir.
No PT, o deputado estadual Evandro Leitão venceu a disputa interna no partido para poder representá-lo nesta eleição. Ele foi escolhido em um encontro realizado pelo PT, onde houve uma votação entre delegados eleitos pela base de filiados. Evandro agora representa não apenas o PT, mas também todo o grupo de aliados do partido no Ceará, que compõem a base do governador Elmano de Freitas (PT). O grupo inclui siglas como PCdoB e PV (que estão em uma federação com o PT), além de PP, MDB, PRTB, Solidariedade, PSD e PSB.
Também estão nessa aliança o Psol e a Rede Sustentabilidade. Mesmo assim, os dois partidos apresentaram pré-candidaturas à Prefeitura de Fortaleza. O primeiro partido anunciou o nome do produtor cultural Técio Nunes e o segundo, a ambientalista Cindy Carvalho. Cindy, inclusive, vai lançar oficialmente a sua pré-candidatura em evento no próximo sábado (27). As duas legendas (Psol e Rede) compõem uma federação e, portanto, só um nome na cabeça de chapa poderá seguir adiante. Os dois partidos vão ter de chegar a um consenso sobre quem os representará na disputa.
No campo político à direita, há três pré-candidaturas. O União Brasil tem o Capitão Wagner, que deixou a Secretaria de Saúde de Maracanaú no final de fevereiro para se dedicar mais à sua pré-campanha e à função de presidente estadual do União Brasil em meio ao ano eleitoral. Wagner vai disputar a Prefeitura de Fortaleza pela terceira vez.
O Partido Liberal (PL) lançou oficialmente o nome do deputado federal André Fernandes no último dia 11 de abril, em evento em Fortaleza com a presença do ex-presidente Jair Bolsonaro e outras lideranças da legenda. Fernandes é o representante do bolsonarismo nesta eleição.
Por fim, o Novo tem o senador Eduardo Girão, que é a maior liderança do partido no Ceará. Anteriormente, cogitou-se a possibilidade de uma aliança entre os três pré-candidatos do campo da direita, algo que não aconteceu até o momento, tendo em vista que cada um manteve a sua pré-candidatura até agora.
(Por Igor Magalhães)

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com