32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Defesa de Bolsonaro afirma que ele ficará calado durante interrogatório

terça-feira, 20 de fevereiro 2024

Com a justificativa que o ex-presidente ficará calado durante todo o interrogatório, a defesa de Bolsonaro pediu nesta terça (20), para que ele seja dispensado de comparecer ao depoimento que está marcado para a próxima quinta (22). Desde ontem, os advogados vem tentando adiar a data, afirmando não ter acesso a todas as provas do processo.  

Foto: Reprodução

Em um trecho do pedido da defesa ao ministro Alexandre de Morais, eles ressaltam “Uma vez que o Peticionário fará uso do direito ao silêncio nos termos da presente manifestação, requer seja dispensado do comparecimento pessoal, conforme já discutido previamente com Vossa Excelência em outras oitivas, notadamente em virtude de preocupações relacionadas à logística e segurança apresentadas pela D. Autoridade Policial”, afirmam.

Segundo Morais, que negou o pedido feito pelos advogados, o ex-presidente, como investigado, pode decidir por ficar em silêncio ou falar durante o interrogatório. “Dessa maneira, não assiste razão ao investigado ao afirmar que não foi garantido o acesso integral a todas as diligências efetivadas e provas juntadas aos autos, bem como não lhe compete escolher a data e horário de seu interrogatório”, declara o ministro.

Mais conteúdo sobre:

Bolsonaro Ex-presidente investigação

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com