32 C°

sábado, 16 de outubro de 2021.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Deputados acatam cobranças de taxistas intermunicipais

sexta-feira, 24 de setembro 2021

Deputados subiram à tribuna da Assembleia Legislativa do Ceará (Alece) nesta quinta-feira (23) para se pronunciar de modo favorável à regulamentação dos táxis intermunicipais no Ceará.

Segundo o deputado Tony Brito (Pros), o governo deve dar mais atenção a esse grupo. “Essa categoria vem sofrendo com a pandemia, com a tecnologia, com o passar do tempo, a adesão ao Uber, que é uma realidade sem volta. O poder público tem que ter a capacidade de olhar para os taxistas e oferecer condições para que eles levem sustento para a família”, pontuou o parlamentar.

O deputado informou que conversou com representantes dos taxistas e que é preciso unir forças para acelerar os debates e, consequentemente, a aprovação do projeto. “Ouvi dois representantes da categoria e eles querem trabalhar, não estão pedindo nada além disso. Parabenizo o governador, Camilo Santana, por ter enviado o projeto que contempla esses pais de família. Por isso demonstro aqui o meu apoio à aprovação.”


Para o deputado Guilherme Sampaio (PT), a regulamentação desses profissionais é para a própria segurança dos passageiros que utilizam essa modalidade de transporte. “O serviço prestado pelos taxistas é valorizado, personalizado. É um transporte que vai buscar o passageiro em casa e deixar no local desejado”, assinalou.
Acrísio Sena (PT), por sua vez, considera que a pandemia modificou a dinâmica dos transportes públicos de forma a “fugir de qualquer governabilidade”. “Tem mototaxista fazendo entrega por aplicativo, tem taxistas e motoristas concorrendo com o transporte público, que perdeu até 51% dos seus passageiros de 2020 para cá. Se não fosse o Estado, esse sistema teria entrado em colapso”, disse. Pontuou ainda que os taxistas intermunicipais tentam construir um acordo de convivência com outros modais, informando que o projeto de lei 53/2019, de autoria do Poder Executivo, que tramita na casa, apenas regulamenta a realização do serviço realizado pelos motoristas licenciados.
Na ocasião, o deputado Carlos Felipe (PCdoB) lembrou que a fiscalização com esses profissionais é muito dura, e eles têm um papel importante na vida das pessoas que vivem nos municípios do interior, no momento das maiores necessidades, como na hora de realizar um deslocamento até um hospital.

O deputado Edilardo Eufrásio (MDB) lembra que o serviço gera a renda que mantém muitas famílias e “supre a demanda do transporte público habitual quando este falha”. O deputado Leonardo Araújo (MDB), por sua vez, ressalta que a regulamentação do serviço é uma promessa antiga do governador Camilo Santana e que “o MDB é uníssono na defesa desse projeto”. Já a deputada Dra. Silvana (PL) disse que a demanda dos taxistas não deveria ser polêmica: “Esses profissionais querem trabalhar e estão buscando apenas melhores condições para servir a população.”

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com