32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Evandro vence disputa e é o candidato do PT a prefeito de Fortaleza

segunda-feira, 22 de abril 2024

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, o deputado estadual Evandro Leitão, foi o escolhido pelo Partido dos Trabalhadores (PT) para representar a sigla na eleição para Prefeitura de Fortaleza em outubro deste ano. A decisão ocorreu por votação entre delegados em encontro realizado nesse domingo (21/01) em um hotal da cidade. Evandro já tinha o apoio da maioria dos delegados e durante o encontro recebeu o apoio de outros três pré-candidatos: os deputados estaduais Guilherme Sampaio e Larissa Gaspar e o assessor especial de Assuntos Municipais do Ceará, Artur Bruno. Assim, recebeu também os votos dos delegados que antes apoiavam esses nomes.
A maior disputa se dava entre Evandro e a deputada federal Luizianne Lins. A ex-prefeita de Fortaleza fez uma breve passagem pelo encontro e, em seguida, decidiu pela retirada da sua pré-candidatura, o que abriu espaço para Leitão. Dos 200 delegados, 141 votaram a favor de Evandro. Os 58 delegados que apoiavam Luizianne se abstiveram de votar. Um delegado faltou por questões de saúde.
Após ser escolhido pelo partido, Evandro afirmou que o PT saiu mais forte depois do processo de definição e falou diversas vezes na “unidade” do partido. “Irei honrar a confiança de cada um de vocês e, juntos, aí sim, iremos enfrentar nossos verdadeiros adversários”, disse.
O deputado aproveitou o momento para reforçar as críticas à Gestão do atual prefeito, José Sarto (PDT). “O projeto político que está em curso em Fortaleza é diferente daquilo que nós, petistas, pensamos. Nós queremos uma cidade de todos para todos, com políticas públicas para todos e não apenas para uma parte da cidade. Queremos uma cidade mais inclusiva e não uma cidade para poucos”, declarou.
Alianças
A respeito do processo de formação de alianças em torno de seu nome e a escolha para a vice na chapa do PT, Evandro afirmou que irá conversar com os partidos aliados. “Essa unidade que tivemos hoje vamos buscar com os partidos aliados. Iremos conversar para construirmos juntos uma cidade em que tenhamos orgulho de morar”, disse.
Após ser questionado se buscará aproximação com Luizianne, Leitão disse que sim, e aproveitou para tecer elogios a ela. “A deputada Luizianne é extremamente importante pela liderança que ela tem, pelo que ela representa para Fortaleza, para o Ceará e para a política no nosso país. Eu irei atrás dela. Ela é fundamental em todo esse processo”, respondeu.
Sem declarações
Ao passar pelo encontro, Luizianne Lins não falou com a imprensa, mas aliados próximos a ela questionaram o processo de eleição interna que culminou na vitória de Evandro Leitão. O ex-vereador de Fortaleza e superintendente do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no Ceará, Deodato Ramalho, explicou que a renúncia da deputada federal se deu pela larga vantagem numérica que Evandro já tinha. “Sabendo que a gente não teria como fazer vitoriosa a companheira Luizianne Lins, resolvemos tirar a candidatura dela e declarar abstenção de votos como manifestação, inclusive, de contrariedade ao processo como se deu”, afirmou.
Ramalho apontou ainda que o processo de eleição interna “desrespeitou o que temos de maior tradição dentro do PT que são as disputas democráticas”. Segundo ele, a opção pela abstenção na votação dos aliados de Luizianne pode ser lida como um voto de protesto, “especialmente por ter tido uma eleição de delegados muito contaminada pelo abuso de poder econômico e abuso da máquina”.
Busca por unidade
O deputado federal e vice-presidente nacional do PT, José Guimarães, que apoiou o nome de Evandro Leitão, minimizou a disputa interna e falou em buscar a unidade do partido a partir de agora. “Isso faz parte do PT. A minha expectativa é que, mesmo com todas as falas de acirramento nos discursos, tem que prevalecer a unidade do PT, a unidade da base do governador Elmano, a unidade em torno da reconstrução do Brasil e juntar um palanque amplo em Fortaleza para fazer valer a força que o PT representa nesse momento”, disse, e concluiu: “Agora é construir a nossa unidade, pacificar o PT e os aliados e partir para a disputa em Fortaleza. Agora o PT tem cara, tem um pré-candidato escolhido”. (Por Igor Magalhães)

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com