32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Ex-servidores da Câmara de Beberibe são presos por suposta rachadinha

quarta-feira, 26 de junho 2024

A investigação apontou a existência do suposto esquema de desvio do dinheiro público que estaria sendo organizado por um vereador e seu irmão.

A primeira fase da investigação começou em dezembro de 2023 / Foto:Reprodução / MP do Ceará

Três ex-servidores da Câmara Municipal de Beberibe foram presos de forma temporária nessa terça-feira (25) dentro da segunda fase da Operação Vila Rica, deflagrada pelo MP do Ceará. Conforme a investigação, os suspeitos, que não tiveram as identidades reveladas, teriam participado de um suposto esquema criminoso que teria desviado recursos públicos por meio da prática de “rachadinha” no Legislativo do município no Litoral Leste do Ceará.

Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão nas residências de quatro ex-servidores da Câmara, de uma servidora da Prefeitura, de um empresário local, além de um na sede da Prefeitura de Beberibe. Além disso, a ação apreendeu documentos, aparelhos celulares e computadores. Os investigados poderão responder por associação criminosa, peculato, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. A Operação Vila Rica foi realizada por meio do Grupo Especial de Combate à Corrupção (Gecoc) e teve o apoio da Polícia Civil.

A investigação do MP apontou a existência do suposto esquema que estaria sendo organizado por um vereador e seu irmão. O desvio dos recursos públicos funcionaria com a contratação de assessores parlamentares que não prestavam o serviço devido e repartiam mensalmente o salário com o vereador. Na primeira fase dessa operação, deflagrada em dezembro de 2023, foram presos temporariamente o vereador supostamente envolvido no esquema, assim como o seu irmão.

A Câmara de Beberibe não se manifestou sobre o caso até o fechamento desta reportagem. Já a Prefeitura de Beberibe disse em nota que não possui qualquer relação com a operação deflagrada pelo MP estadual e reafirmou o compromisso “com a legalidade e respeito aos interesses públicos, fortalecendo a confiança nas instituições do Ministério Público Estadual e do Poder Judiciário”.

Mais conteúdo sobre:

MPCE

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com