32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Lula admite candidatura à reeleição para derrotar ‘trogloditas’

quarta-feira, 19 de junho 2024

Presidente comentou em entrevista sobre a possibilidade de uma reeleição em 2026 e explicou os motivos

Presidente Lula em entrevista na manhã desde terça-feira (17) / Foto: Reprodução

O presidente Lula (PT) disse nessa terça-feira (18) à rádio CBN que poderá ser candidato à reeleição em 2026 para, segundo ele, derrotar o que chamou de “trogloditas”. Lula não citou nomes de adversários. “Se for necessário ser candidato para evitar que os trogloditas que governaram esse governo voltem, eu serei candidato.”

“Não vou permitir que esse país volte a ser governado por um fascista e um negacionista”, completou o presidente, que, aos 80 anos em 2026, disse que estará no auge de sua vida.
Embora tenha dito que pode se candidatar, Lula afirmou que essa “não é a primeira hipótese.”

“Nós vamos ter que pensar muito, tenho que medir meu estado de saúde e minha resistência física porque eu quero ter responsabilidade com o Brasil. Mas não vou permitir que esse país volte a ser governado por um fascista”, afirmou.

Conforme a Folha de S.Paulo, Jair Bolsonaro (PL) disse a pelo menos três pessoas que aposta em recursos no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para reaver o direito de se candidatar novamente à Presidência em 2026.

O discurso do ex-presidente, porém, é visto por alguns aliados e por especialistas em direito eleitoral mais como um aceno à militância, para mantê-la acesa, do que como uma esperança real. As projeções feitas por Bolsonaro também esbarram em dificuldades jurídicas, sobretudo no STF (Supremo Tribunal Federal).
TARCÍSIO E CAMPOS NETO COMO ADVERSÁRIOS
Nessa mesma entrevista à rádio CBN, Lula vocalizou a irritação não só dele, mas também de integrantes de seu governo e da cúpula petista com a movimentação do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, rumo a uma aliança com o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), em 2026. Foi a primeira vez que Lula tratou o governador de São Paulo como potencial adversário nas eleições de 2026.

O petista afirmou que o presidente do BC tem lado político. “[Tarcísio] Tem mais [poder de influência] que eu. Não é que ele [Campos Neto] encontrou com Tarcísio numa festa. A festa foi para ele, foi homenagem do governo de São Paulo para ele, certamente porque o governador de São Paulo está achando maravilhoso a taxa de juros de 10,5%”, disse Lula.

“A quem esse rapaz é submetido, como ele vai numa festa em São Paulo, quase assumindo candidatura a um cargo no governo de São Paulo? Cadê a autonomia dele?”, questionou o petista, que também comparou o presidente do BC ao ex-juiz da Lava Jato Sergio Moro.

“O presidente do Banco Central, que não demonstra nenhuma capacidade de autonomia, que tem lado político e que, na minha opinião, trabalha muito mais para prejudicar o país do que para ajudar o país”, afirmou, após declarar que a autoridade monetária está “desajustada”.

A presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), afirmou que o partido prepara uma ação popular contra Campos Neto. “É um escândalo isso. Vi vários comentaristas criticando essa postura. Estamos preparando uma ação popular contra ele. Por violação do interesse público e moralidade administrativa”, disse ela. Segundo Gleisi, Campos Neto mostrou o lado político e conduz o BC para impedir o crescimento do país.

“Está fazendo o serviço sujo para a oposição”, disse a presidente do PT.
Aliados do presidente divergem sobre a menção a Tarcísio como potencial opositor na corrida presidencial, uma vez que defendem a rivalidade com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) como estratégia política.

No entanto, apontam como importante a responsabilização de Campos Neto pela política de juros, associando o presidente do BC ao bolsonarismo.

Na avaliação de aliados do presidente Lula, a materialização dessa aliança entre o presidente do BC e a oposição pode ser constatada com a presença de Campos Neto em jantares ao lado do governador de São Paulo, além da hipótese de participação em um eventual governo Tarcísio.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com