32 C°

.
Fortaleza, Ceará, Brasil.

aniversario
aniversario

Política

Não foi falta de advertência

segunda-feira, 30 de junho 2008

Estava bom demais para ser verdade. O Brasil, que os corifeus do presidente Lula juravam estar %u201Cnavegando em mar de almirante e flutuando em céu de brigadeiro%u201D, lastimavelmente, começa a vislumbrar, de forma cada vez mais nítida, o fantasma da inflação que há duas décadas manteve toda uma Nação em sobressalto, deixando a economia popular exposta a uma corrosão diuturna e apavorante.


 


Economistas de peso, diante da maneira como os economistas do presidente Lula (menos o presidente do BC, Meyrelles), fizeram seguidas advertências de que o otimismo exagerado do Planalto e seus defensores, deveria ser mais contido, já que fatores externos podem sempre surgir como empecilhos à economia de qualquer país. O %u201Cdéficit%u201D da produção mundial de alimentos, apareceu como o fator da nova onda inflacionária.


 


Em meio ao clima de tensão que assalta os brasileiros a cada índice econômico dos institutos especializados, eis que surge a figura da já famigerada %u201Cmãe do PAC%u201D, ex-assaltante e %u201Ccomissária da Varig%u201D, Dilma Rousseff, e mostra que %u201Cdescobriu%u201D o remédio para evitar o avanço da inflação: aumentar a produção agrícola do país. Como chegar a isso, se o %u201Cfilhote%u201D dela – o PAC %u2013 não prioriza esse setor?


Só amostra


Como vinha sendo previsto, os problemas do governador Cid Gomes para unificar a sua base de apoio legislativo, ou, pelo menos evitar a sua pulverização, apenas começaram. Três exemplos já deixam preocupadas as lideranças governistas: Maracanaú, Caucaia e Maranguape. E isso, apenas na Região Metropolitana de Fortaleza.


Em boas mãos


Com a licença do seu presidente Luiz Gastão Bittencourt, para disputar a Prefeitura de Fortaleza pelo PPS, a FECOMÉRCIO passa a ser comandada por Régis Dias, um dos mais competentes técnicos e executivos do Estado. Na condição de titular da Secretaria do Desenvolvimento Regional, ele se destacou como uma das mais importantes peças do secretariado do ex-governador Lúcio Alcântara.


Mirando além


Não deveria causar surpresa a desenvoltura com que o prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PR), não só consegue arrebanhar 20 partidos em torno da sua campanha à reeleição, como dá as cartas em mais duas dezenas de municípios. E uma das metas do PR, ao que se sabe, é conseguir uma cadeira no Senado Federal.


Objeções


O Pavilhão de Feiras e Eventos %u2013 que o governador Cid pretende duplicar, tem adversários de peso, se mantido para a Avenida Washington Soares: Custódio dos Santos, presidente do IAB; e Raimundo Sérgio, presidente do Sinduscon. Ambos acham que só através de novas ruas, avenidas e viadutos evitariam gigantescos engarrafamentos.


Discussão


Poderá acontecer, antes do início do recesso um debate na CMF, para discutir prioridades inadiáveis da cidade, no momento. Além de convidados, deverão participar vereadores da Comissão de Turismo, Indústria e Comércio; e Comissão de Urbanismo e Meio Ambiente. A meta é escolher entre o Metrofor, aquário gigante e novos viadutos.

hoje

Mais lidas

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com